Bolsonaro avalia fechar embaixadas na Venezuela

Uma delas é em Caracas, que pode encerrar em dois meses suas atividades O governo brasileiro deve reduzir suas embaixadas no país governado pelo ditador Nicolás Maduro, diz a coluna…
-Publicidade-

Uma delas é em Caracas, que pode encerrar em dois meses suas atividades

O governo brasileiro deve reduzir suas embaixadas no país governado pelo ditador Nicolás Maduro, diz a coluna Radar da revista Veja.

-Publicidade-

Hoje, são cinco postos, incluída a embaixada em Caracas, que conta também com um consulado-geral.

Desde o início do ano, o Itamaraty deixou de emitir o registro diplomático para os venezuelanos que servem ao governo de Nicolás Maduro no Brasil. Após a posse de Bolsonaro, o governo reconheceu Juan Guaidó, líder da oposição a Maduro, como presidente do país.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site