Bolsonaro: ‘Esquerda sofreu uma histórica derrota’

Presidente se manifesta sobre resultados do primeiro turno
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil | presidente jair bolsonaro - esquerda derrotada

Presidente se manifesta sobre resultados do primeiro turno

presidente jair bolsonaro - esquerda derrotada
O presidente Jair Bolsonaro | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
-Publicidade-

O presidente Jair Bolsonaro avaliou o desfecho do primeiro turno das eleições 2020. Para ele, um espectro político sai enfraquecido das urnas: a esquerda.

Leia mais: “São Paulo confirma ocaso do ‘lulopetismo’ e reorganização da esquerda”

“A esquerda sofreu uma histórica derrota nestas eleições, numa clara sinalização de que a onda conservadora chegou em 2018 para ficar”, publicou Bolsonaro no fim da noite do domingo 15. A mensagem foi divulgada por meio do Twitter.

“Nas urnas, consolidaremos nossa democracia com um sistema eleitoral aperfeiçoado”

Diante da situação, o presidente aproveitou para analisar como se dará o jogo político daqui a dois anos. “Para 2022 a certeza de que, nas urnas, consolidaremos nossa democracia com um sistema eleitoral aperfeiçoado”, prosseguiu, ao citar Deus, família e pátria.

Bolsonaro não mencionou o resultado do pleito de nenhuma cidade em específico. Algumas localidades, contudo, ajudam a validar a análise presidencial. Em Porto Velho (RO), por exemplo, a “esquerda foi humilhada”. A soma dos votos válidos recebidos pelos candidatos a prefeito do PT, PCdoB, Psol e PSTU não chegou a 5%, conforme noticiou Oeste. Em Cuiabá, o representante petista na disputa pela prefeitura teve 3% dos votos. Além disso, o PT perdeu a única capital conquistada em 2016: Rio Branco (AC).

Situação de aliados

Com alguns de seus indicados fora do segundo turno, Bolsonaro aproveitou para registrar que isso não quer dizer muita coisa em relação a seu poderio político. Nesse sentido, ele lembrou caso protagonizado por um membro do PSDB.

“Há quatro anos, Geraldo Alckmin elegeu João Doria prefeito de São Paulo no primeiro turno”, pontuou, ao citar os dois políticos tucanos. “Dois anos depois, Alckmin obteve apenas 4,7% dos votos [válidos] na disputa presidencial.”

Com esse gancho, o presidente da República aproveitou para minimizar sua atuação como cabo eleitoral durante a campanha do primeiro turno. “Minha ajuda a alguns poucos candidatos a prefeito resumiu-se a quatro lives num total de três horas”, contextualizou.

____________________

Oeste nas eleições 2020 (e nas redes sociais). Confira em nossa fan page e em nosso perfil no Twitter os principais destaques do primeiro turno do pleito brasileiro.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site