Bolsonaro nega que governo vá decretar estado de sítio

O governo não estuda aplicar o estado de sítio. Ao contrário de rumores que começaram a circular pela Esplanada dos Ministérios, a medida não está no plano estratégico da Presidência…
-Publicidade-
Petistas querem ingressar com pedido tresloucado de impedimento contra presidente | Foto: Divulgação
Petistas querem ingressar com pedido tresloucado de impedimento contra presidente | Foto: Divulgação

O governo não estuda aplicar o estado de sítio. Ao contrário de rumores que começaram a circular pela Esplanada dos Ministérios, a medida não está no plano estratégico da Presidência da República. O presidente Jair Bolsonaro negou a informação, em coletiva de imprensa nesta sexta 20, e, à Oeste, fontes da Presidência da República, sob condição de anonimidade, também.

-Publicidade-

O gabinete de crise da Casa Civil desconhece a informação de que ministérios possam estar analisando apresentar pareceres nesse sentido. O estado de sítio não é algo simples. É uma medida, prevista na Lei Complementar nº 101/2000, que permite ao Estado suspender garantias constitucionais e individuais, como liberdade de reunião, de imprensa e sigilo de comunicações.

Ou seja, o estado de sítio é uma medida adotada apenas em casos de urgência, acima da permissão concedida pelo Congresso de decretar estado de calamidade pública. É a decisão mais antiliberal que um governo poderia adotar. Questionado sobre o assunto, Bolsonaro negou.

“Ainda não está no nosso radar isso, não. Até porque, para decretar, é relativamente fácil, é uma medida legislativa para o Congresso. Seria o extremo, acredito que não seja necessário. Estaríamos avançando, dando uma sinalização de pânico para a população. Nós queremos sinalizar a verdade, mas, por enquanto, está descartado até estudar essa circunstância”, afirmou o presidente.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site