Cidade paranaense discute hoje proibição da linguagem neutra

Vereadores de Ponta Grossa podem aprovar dispositivo que barra os termos 'não binários' em escolas públicas e privadas
-Publicidade-
O não cumprimento da lei acarretará sanções administrativas às instituições de ensino e aos professores
O não cumprimento da lei acarretará sanções administrativas às instituições de ensino e aos professores

Os vereadores da Câmara Municipal de Ponta Grossa discutirão nesta quarta-feira, 28, o Projeto de Lei 117/2021 que prevê barrar a linguagem neutra em escolas públicas e privadas da cidade. O texto é de autoria dos parlamentares Leandro Bianco (Republicanos) e Ezequiel Marcos Ferreira Bueno (Avante).

A medida garante aos estudantes do município “o direito ao aprendizado da língua portuguesa de acordo com as normas legais de ensino estabelecidas com base nas orientações nacionais de Educação, pelo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa e da gramática elaborada nos termos da reforma.”

O não cumprimento da lei acarretará sanções administrativas às instituições de ensino e aos professores. “Se um pronome de tratamento masculino ou feminino é proibido, as diferenças biológicas naturais entre homens e mulheres começam a ser suprimidas”, salienta trecho da papelada.

-Publicidade-

Leia também: “A estupidez da linguagem neutra”, reportagem publicada na Edição 62 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. Bom dia! Essa linguagem neutra é mais uma desculpa da esquerda para induzir nossas crianças e jovens ao comportamento modelo que eles querem disseminar pelos quatro cantos do planeta. Coisa absurda e inaceitável!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro