Comissão Europeia não renova pedido de vacinas da AstraZeneca

Ritmo lento das entregas é a principal reclamação dos europeus em relação ao laboratório

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
comissário do Mercado Interno da União Europeia, Thierry Breton | Foto: Reprodução/France Inter
comissário do Mercado Interno da União Europeia, Thierry Breton | Foto: Reprodução/France Inter

A Comissão Europeia não renovou o pedido por vacinas contra a covid-19 produzidas pela AstraZeneca, anunciou neste domingo, 9, o comissário do Mercado Interno da União Europeia, Thierry Breton. Ele pontuou, no entanto, que as portas não estão fechadas. O ritmo lento das entregas é a principal reclamação dos europeus em relação ao laboratório.

A declaração foi dada um dia depois que a União Europeia anunciou um acordo com a Pfizer-BioNTech, que prevê a extensão de contrato com inclusão de um total de até 1,8 bilhão de doses até 2023.

Leia mais: “Governadores querem que a Anvisa avalie novo pedido da Sputnik V”

-Publicidade-

Em entrevista à rádio francesa France Inter, Thierry Breton afirmou que a vacina é “muito interessante”. “Foi descoberta por pesquisadores de Oxford. É muito boa. Acima de tudo, tem a vantagem de poder ser usada em condições de logística e temperatura mais simples”, lembrou.

A vacina AstraZeneca tem sido fundamental para a campanha de imunização da Europa e um pilar na estratégia global para levar doses para países mais pobres, uma vez que é mais barata e mais fácil de usar. Na entrevista, Thierry Breton também exaltou o fato de a Europa ter se tornado “o continente líder do mundo em fabricação de vacinas em menos de 10 meses”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Recomendável a Revista Oeste fazer publicidade, para que mais leitores possam acessá-la e tomar conhecimento de suas excelentes matérias.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.