Como era a Venezuela antes do socialismo

País tinha crescimento médio superior a 4% ao ano; agora, há desabastecimento nos supermercados
-Publicidade-
A Venezuela está sofrendo a mazela socialista
A Venezuela está sofrendo a mazela socialista | Foto: Reprodução/Redes sociais

Era chamada Venezuela Saudita, por ter a maior reserva de petróleo do mundo. Os venezuelanos eram considerados os maiores consumidores de uísque do mundo. Entre 1959 e 1983, o desemprego no país era um dos mais baixos da região. No mesmo período, o crescimento médio do país foi superior ao 4% ao ano, e a inflação era menor do que a registrada nos países vizinhos.

A estabilidade da moeda local, o bolívar, permitia que muitos venezuelanos conseguissem sair do país para temporadas de férias, principalmente com destino a Miami, nos Estados Unidos, vista como um paraíso do consumo. Nos anos 1970, a população tinha o maior poder de compra entre os países da América Latina — quase três vezes maior que o dos brasileiros.

A população abaixo da linha da pobreza é de 94,5%. A inflação em 2020 foi de quase 3 mil por cento e a de 2021, de pouco menos de 700%. A inflação projetada para 2022 é de 114% ao ano. O salário mínimo é de U$S 39 (incluindo U$S 10 de ajuda-alimentação). Há desabastecimento nos supermercados, e as principais empresas multinacionais do mundo abandonaram o território, pela insegurança jurídica e social. Muitos dos ativos das referidas companhias foram estatizados pelo regime de Hugo Chávez.

-Publicidade-

No ano passado, os venezuelanos perderam em média 10 quilos do seu peso em função da fome — há testemunhos de cidadãos que comeram animais dos zoológicos e cachorros das ruas. O regime de Nicolás Maduro é considerado uma ditadura, salvo por países como Argentina, Nicarágua, Irã, Cuba e Rússia.

O assinante pode ler a reportagem completa de Gustavo Segré ao clicar neste link.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. AS DITADURAS COMUNISTAS DESTRUÍRAM CUBA e VENEZUELA, estão destruindo a ARGENTINA. a COLÔMBIA E O CHILE, e querem DESTRUIR O BRASIL. O Brasil hoje é a DÉCIMA ECONOMIA DO MUNDO. Não podemos correr riscos mudando um governo que colocou o Pais nos trilhos e está no Rumo Certo, com muito trabalho, eficiência, seriedade e honestidade. Sejamos patriotas e não deixemos a tinta vermelha manchar o PAÍS. Temos uma Nação e uma Bandeira a defender. E esta Bandeira é VERDE E AMARELA.Feliz o povo que tem uma Nação como o BRASIL, que ainda não foi contaminado com ditadores e ditaduras socialistas, comunistas. LIBERDADE ACIMA DE TUDO – BOLSONARO 22

  2. Eleger comunas, dá nisso! Nicarágua está mais pobre agora do que no período de Somoza, que era corrupto e ditador, mas não fazia tanto mal quanto Ortega e equipe, que aliás, estão no poder; com uma interrupção, desde 1979, quando os “bons” sandinistas venceram.

    Um padre que fez parte do governo, creio que foi ministro da Educação, foi expulso da Igreja pelo Papa João Paulo II. Era um esquerdista que só foi reintegrado à Igreja, já no leito de morte, pelo Jesuíta Francisco.

    Agora, fica a lição que nenhum religioso deve fazer parte de governo de esquerda ( padres católicos são proibidos de ter cargos públicos, por isso o tal padre foi expulso da Igreja pelo Papa JPII ), pois comunas perseguem a Igreja, como na Nicarágua, Cuba, onde um padre tb. foi preso recentemente, e Venezuela.

    Destruíram a Venezuela, como fizeram com Cuba e fazem em todos os lugares onde ganham ou tomam o poder. Comunistas/socialistas, são servos de Satã. Marx, judeu filho de Rabino, fazia poemas para Satã. Quem o segue, mesmo sem saber, serve ao Anjo Caído.

    1. No caso, para ser mais exato, o padre em questão, foi ministro no primeiro governo de Ortega, em 1979, após a vitória da guerrilha sandinista. Ele foi expulso da Igreja, pelo Papa João Paulo II, em 1980, na visita que JPII fez a Nicarágua.

  3. É incrível como a ditadura socialista consegue destruir um país em tão pouco tempo!
    E isso ocorreu em todos os países onde um grupelho enfiou esse regime goela abaixo da população!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.