-Publicidade-

Conselho de Ética arquiva processos contra dois deputados do PSL

Processos contra Carlos Jordy e Bibo Nunes foram abertos a pedido do próprio partido
Conselho de Ética da Câmara em 04/03/2021
Conselho de Ética da Câmara em 04/03/2021 | Foto: Afonso Marangoni/Revista Oeste

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados arquivou nesta quinta-feira, 4, dois processos por quebra de decoro contra dois deputados do PSL: Carlos Jordy (RJ) e Bibo Nunes (RS).

Os processos foram abertos a pedido do próprio partido, por causa de manifestações, em redes sociais e na imprensa, durante a disputa pela liderança da legenda, no final de 2019.

Leia mais: “Senado aprova PEC Emergencial em 2º turno”

Jordy foi acusado pelo partido de atacar a honra dos colegas em mensagem postada em uma rede social. O relator do processo, Gilson Marques (Novo-SC), recomendou o arquivamento da representação, sugestão confirmada pela votação dos integrantes do colegiado.

Bibo Nunes foi acusado de atingir a honra de colegas em postagens em redes sociais e em uma entrevista a um jornal. Para o relator do processo, deputado Tiago Mitraud (Novo-MG), as declarações de Bibo Nunes foram alegações genéricas, não dirigidas a nenhum parlamentar em particular, dentro de uma situação de conflito partidário.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.