-Publicidade-

Covidão: PF apura desvios em compras da prefeitura de SP

Recursos destinados à luta contra o coronavírus teriam sido embolsados indevidamente
Empresas contratadas não teriam as especificidades exigidas para honrar com os compromissos | Foto: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Empresas contratadas não teriam as especificidades exigidas para honrar com os compromissos | Foto: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL | Empresas contratadas não teriam as especificidades exigidas para honrar com os compromissos | Foto: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL

Recursos destinados à luta contra o coronavírus teriam sido embolsados indevidamente

covidão
Empresas envolvidas em processo de licitação teriam superfaturado valores
Foto: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL

A Polícia Federal (PF) cumpre nesta quinta-feira, 6, seis mandados de busca e apreensão na cidade de São Paulo, para apurar desvios em contratos firmados na área da saúde pela prefeitura de São Paulo. A Operação Nudus investiga fraudes em duas compras emergenciais de aventais descartáveis realizadas pela Autarquia Hospitalar Municipal da Prefeitura do Município de São Paulo. Um dos mandados é para a sede da instituição, com o objetivo de confirmar se houve a participação de funcionários públicos. As fraudes foram identificadas com o apoio do Tribunal de Contas da União.

Quer saber mais sobre desvios de recursos destinados ao enfrentamento do coronavírus? Leia “O ataque do Covidão”, reportagem publicada na edição n° 7 de Oeste

De acordo com a PF, as duas contratações, com dispensa de licitação, somam R$ 11,1 milhões e utilizaram recursos federais voltados à luta contra a covid-19. Dessa forma, algumas empresas supostamente foram desclassificadas do processo sob argumentos que depois foram ignorados na assinatura do contrato com as empresas investigadas. Há ainda indicativos que o valor da contratação foi superior ao praticado no mercado na mesma época. Além disso, as vencedoras não tinham experiência ou capacidade técnica e operacional para a confecção de aventais médico-hospitalares, conforme a PF.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês