CPI da Covid: ‘Contra o acordão de cartas marcadas’, Eduardo Girão vai disputar presidência

Senador tenta desarticular um acordo que definiu Omar Aziz como presidente e Renan Calheiros como relator
-Publicidade-
Senador Eduardo Girão | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Senador Eduardo Girão | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) confirmou que será candidato à presidência da CPI da Covid. Pelas redes sociais, ele disse que, se eleito, vai organizar uma CPI “sem qualquer tipo de conflitos de interesses” e “eminentemente técnica e justa”. Foi ele o parlamentar que colheu assinaturas para que repasses da União à Estados e municípios também fossem investigados.

Girão tenta desarticular um acordo que foi feito entre a maioria dos membros da comissão que definiu o senador Omar Aziz (PSD-AM) como presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) como vice, e Renan Calheiros (MDB-AL) como relator. Os nomes só serão oficialmente designados na primeira reunião do colegiado, que deve ocorrer na próxima quinta-feira, 22.

Leia mais: “PT e centro disputam apoio de evangélicos”

-Publicidade-

Pelas redes sociais, a página do Podemos no Senado escreveu: “Contra o acordão de cartas marcadas para dominar a CPI da Pandemia, o senador Eduardo Girão do Podemos anunciou, na noite desta sexta-feira, que será candidato à presidência da Comissão”.

“O risco de uma CPI cujo fundo seja palanque político é grande e isso não é respeitoso com o povo brasileiro que sofre as consequências nefastas de uma pandemia nas esferas de saúde pública, social e econômica”, escreveu Girão nas redes sociais.

O senador lembrou que o presidente da CPI terá o poder de escolher o relator, mas não revelou quem seria a indicação dele. Já Aziz fez um acordo com o Senado para que Renan Calheiros (MDB-AL) seja o relator da CPI.

Renan Calheiros é pai do governador de Alagoas, Renan Filho, e já é questionado por assumir a relatoria de CPI que também tem o aval para investigar repasses da União a municípios e Estados, inclusive o governado pelo filho.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. QUAIS OS CRITÉRIOS USADOS PARA A ESCOLHA DOS COMPONENTES DESSA CPI ????? A COMPOSIÇÃO DA CPI DEVERIA SER REALIZADA MEDIANTE ELEIÇÃO PELO PLENÁRIO
    DO SENADO! AFINAL, SÃO 81 SENADORES, NÃO DEMORARIA TANTO TEMPO E O POVO PODERIA FICAR ATÉ MAIS ESPERANÇOSO. QUE O SENADOR GIRÃO TENHA SUCESSO!

  2. Os ladrões: Renan Canalha, Jader Baralho, Humberto Bosta, Randolfo Vigarista Tasso Jereichato, e Aziz não podem participar da CPI do coronavirus.

  3. Seria muito justo Girão ser Presidente da CPI mas os injustos não permitirão.
    Pergunta que ninguém “aguenta” responder: Quem elegeu essa cambada?
    O povo é imoral e corrupto, vejam os índices de aprovação de Lula, E os Urubus Togados foram escolhidos por quem???

  4. Que os evangélicos, se honrarem o nome que têm, não apóiem um partido tipo o PT, PSOL, amantes de coisas diabólicas, anti-famílias e DEUS.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.