Crédito para folhas de pagamento das empresas é uma parte das medidas que virão

Equipe econômica ainda vai anunciar mais medidas de estímulo à manutenção de empregos e renda. Expectativa é dar sobrevida a empresas afetadas pela crise do coronavírus
-Publicidade-
O ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: MARCOS CORRÊA/FLICKR
O ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: MARCOS CORRÊA/FLICKR
Coronavírus Paulo Guedes
O ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: Marcos Corrêa/Flickr

Os R$ 40 bilhões a créditos subsidiados para que empresários possam custear com a folha de pagamento contemplam uma parte dos recursos que a equipe econômica vai disponibilizar. Conforme a Oeste antecipou, o ministro da Economia, Paulo Guedes, um volume de até R$ 120 bilhões para pequenas e médias empresas afetadas pela crise do coronavírus.

-Publicidade-

A empresários, a equipe econômica acenou com R$ 42 bilhões que seriam anunciados pelo Banco Central (BC). O presidente da autoridade monetária, Roberto Campos Neto, anunciou dois aportes de R$ 20 bilhões por mês, totalizando algo próximo do acenado ao empresariado.

O restante dos recursos que vão ajudar os empresários a custearem suas folhas de pagamento devem ser anunciado quando a equipe econômica anunciar a chamada “Medida Provisória (MP) do fundo perdido”. O termo é utilizado para financiamentos não-reembolsáveis concedidos pelo governo.

Martelo batido

A liberação de R$ 42 bilhões em crédito subsidiado havia sido acenado por Campos Neto, mas Guedes bateu o martelo e disse a empresários que o volume chegaria a R$ 120 bilhões. No fim das contas, explicam alguns interlocutores à Oeste, ficaram decididos R$ 40 bilhões em duas parcelas e o resto vai por MP.

O governo se comprometeu, no entanto, a permanecer em constante diálogo com o empresariado. Ou seja, se as medidas anunciadas se mostrarem insuficientes para impedir a escalada do desemprego enquanto o coronavírus permanecer uma ameaça à economia, outras medidas poderão ser estudadas e articuladas.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site