Damares defende restrição de horário de transmissões da CPI da Covid: ‘Sessão de horrores’

Ministra disse que muitas discussões entre os senadores têm sido impróprias de veiculação durante o horário da manhã e da tarde
-Publicidade-
Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Reprodução/O Liberal
Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Reprodução/O Liberal

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, informou que vai pedir que as transmissões da CPI da Covid sejam feitas somente no horário noturno. A informação foi dada em entrevista ao Grupo Liberal, do Pará, na noite de terça-feira 28.

Damares Alves destacou a importância da classificação indicativa e disse que muitas discussões entre os senadores têm sido impróprias de veiculação durante o horário da manhã e da tarde.

Leia mais: “Bolsonaro anuncia licença para construção de linhão que ligará Roraima ao sistema elétrico”

-Publicidade-

“Você acha certo você ter um filhinho de 3 anos brincando na sala da tua casa e você liga a televisão para assistir a uma CPI e ouve palavras de baixo calão, assiste a violência e agressão, e eles querendo se pegar?”, indagou a ministra.

“Acho que aquela sessão de horrores não tem que passar para crianças, não. Estou estudando com a minha equipe de transmitir as sessões daquele ‘circo de horrores’ apenas à noite, quando não tiver criança na sala”, adiantou.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.