Defesa de Fabrício Queiroz protocola pedido de ‘habeas corpus’

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro está preso no Rio de Janeiro
-Publicidade-
Fabrício Queiroz foi localizado em Atibaia (SP | Foto: REPRODUÇÃO/TV GLOBO
Fabrício Queiroz foi localizado em Atibaia (SP | Foto: REPRODUÇÃO/TV GLOBO | fabrício queiroz - defesa protocola habeas corpus

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro está preso no Rio de Janeiro

defesa de fabrício queiroz - habeas corpus
Fabrício Queiroz foi localizado em Atibaia (SP) | Foto: REPRODUÇÃO/TV GLOBO
-Publicidade-

Confirmando exatamente a informação adiantada ontem por Oeste, a defesa de Fabrício Queiroz protocolou pedido de habeas corpus nesta sexta-feira, 19. A solicitação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ).

“Deu entrada na segunda instância do TJRJ um pedido de HC da defesa de Fabrício Queiroz. O processo foi distribuído para a Terceira Câmara Criminal”, informou a equipe de comunicação do órgão judicial.

Leia mais: “Bolsonaro reclama de prisão ‘espetaculosa’ de Queiroz”

O pedido foi encaminhado à segunda instância do TJRJ, de acordo com a agência de notícias Reuters. Segundo a defesa de Fabrício Queiroz não há razões para que o policial aposentado e ex-assessor parlamentar de Flávio Bolsonaro seja privado de sua liberdade.

Para o advogado responsável pela defesa de Queiroz, Paulo Emílio Catta Preta, a Justiça precisa, ao menos, trocar a prisão preventiva pela domiciliar. No pedido de habeas corpus, ele relata o estado de saúde de seu cliente. A defesa de Fabrício Queiroz fala em recente cirurgia de próstata e luta contra um câncer no intestino grosso.

“Agravamento de sua saúde”

“Não há dúvida da urgência no pedido que justifica a concessão da liminar, sob pena de o paciente ter agravamento de sua saúde”, argumenta o advogado. “[A manutenção da prisão preventiva porá em] perigo sua vida, conforme se extrai dos laudos médicos acostados à presente impetração”, prossegue Catta Preta, conforme o site G1.

Isolamento na cadeia

Sem direito a cela especial por não ter ensino superior, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro ficará, contudo, isolado no presídio de Bangu, no Rio de Janeiro — ao menos nas primeiras duas semanas. Isso porque a Secretaria de Administração Penitenciária avisou que ele cumprirá quarentena de 14 dias. A medida é evitar que, caso esteja infectado pelo novo coronavírus, ele transmita a doença a demais detentos.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site