-Publicidade-

Deputado comunista ataca parlamentares do Novo

Orlando Silva e congressistas liberais bateram-boca no plenário
Parlamentar garante que Guedes esteve na Câmara
Parlamentar garante que Guedes esteve na Câmara | Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Uma declaração do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) provocou mal-estar na Câmara dos Deputados. Durante a votação da autonomia do Banco Central, o parlamentar chamou os congressistas do Partido Novo de “Guedes boys”. Silva garante que o ministro da Economia esteve na Casa arrebanhando votos dos congressistas liberais. Contudo, a assessoria do titular da pasta negou a acusação.

“Eu lamento que o Novo tenha assumido a posição de ‘Guedes boys’. Porque o ministro da Economia andou aqui pelo plenário e mudou a posição de alguns partidos”, declarou Silva. “Quem está em casa não está vendo o que está acontecendo aqui no plenário. Então, é um absurdo um deputado falar mentira dizendo que o Guedes está aqui no plenário”, rebateu Paulo Ganime (Novo-RJ).

Em tréplica, Silva dobrou a aposta ao mencionar que Paulo Guedes “veio constranger o plenário”. “Ele esteve aí, é só você buscar as imagens do plenário!”, acrescentou o comunista. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), cortou os microfones e chegou a falar em conselho de ética. “Será instalada. Quando tiver excesso nesse plenário, representa o deputado, não tem problema”, concluiu Lira.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês