Contra Doria, senadores do PSDB declaram apoio ao atual presidente do partido

Diretórios estaduais tucanos já haviam adotado medida similar
-Publicidade-
O governador de São Paulo, João Doria: perda de apoio dentro do PSDB
O governador de São Paulo, João Doria: perda de apoio dentro do PSDB | Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Os sete senadores do PSDB não querem ver o governador de São Paulo, João Doria, como o próximo presidente nacional da sigla. Dessa forma, os parlamentares divulgaram nota conjunta na tarde desta quinta-feira, 11. No documento, prestam apoio a Bruno Araújo, atual comandante do ninho tucano, e a toda executiva que o acompanha.

Leia mais: “Senado cria bancada da Oposição ao governo federal”

-Publicidade-

Como forma de oficializar o apoio da bancada do PSDB no Senado a Araújo, que é ex-deputado federal e foi o responsável pelo “sim” que sacramentou a admissibilidade do processo de impeachment contra Dilma Rousseff em 2016, a nota defende a recondução dele ao cargo de presidente nacional do partido. O mesmo para os vice-presidentes, vogais e suplentes.

“O partido seguirá mantendo a democracia interna”

“Os senadores estão certos de que, com a decisão, o partido seguirá mantendo a democracia interna e a convergência na busca de soluções para que o país possa vencer a pandemia e retomar o crescimento com justiça social”, afirmam os parlamentares no documento divulgado primeiramente pelo site da CNN Brasil. Na nota, eles não fizeram menção a Doria.

A saber, os sete senadores do PSDB são:

  1. Izalci Lucas — DF;
  2. José Serra — SP;
  3. Mara Gabrilli — SP;
  4. Plínio Valério — AM;
  5. Roberto Rocha — MA;
  6. Rodrigo Cunha — AL;
  7. Tasso Jereissati — CE.

Doria sem apoio

Os sete senadores do PSDB não são o primeiro grupo a se posicionarem contrários à tentativa de João Doria de chegar à presidência do partido. Mais cedo, Oeste registrou que 26 dos 27 diretórios estaduais da legenda assinaram manifesto em favor da continuação de Bruno Araújo no cargo. Somente o diretório do Amazonas, controlado por Artur Virgílio Bisneto, não foi signatário do documento. Presidente do PSDB do Estado de São Paulo, reduto eleitoral do governador João Doria, Marco Vinholi assina o material.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site