-Publicidade-

Fiuza: ‘Mandetta não é um político sério’

Colunista da Revista Oeste criticou a participação do ex-ministro da Saúde na criação do manifesto ‘em defesa da democracia'
Guilherme Fiuza disparou contra o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta
Guilherme Fiuza disparou contra o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta | Foto: Reprodução/YouTube

Ontem, quarta-feira 31, seis possíveis candidatos à presidência da República em 2022 divulgaram um manifesto “em defesa da democracia”. A carta é assinada por Ciro Gomes, Eduardo Leite, João Amoêdo, João Doria, Luciano Huck e Luiz Henrique Mandetta — o principal articulador da proposta. Nesta quinta-feira, 1º de abril, durante o programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, o jornalista Guilherme Fiuza criticou a atitude do ex-ministro da Saúde, que optou por participar da criação de um manifesto que “não representa nada”. “Isso apenas nos remete ao papel que Mandetta desempenhou no poder público brasileiro”, afirmou. Segundo o colunista da Revista Oeste, o ex-chefe da Saúde jamais teve a postura de espírito público que seu cargo exigia. “Ele [Mandetta] fez política o tempo todo. Não é um político sério”, concluiu.

Leia também: “Esquerda e centro-esquerda articulam-se para enfrentar Bolsonaro em 2022”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.