Flávio Dino mantém articulação para capitanear esquerda em 2022

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), continua adotando movimentos políticos para capitanear a esquerda nas eleições de 2022. Na próxima terça-feira, 3 de março, ele viaja a São Paulo,…
-Publicidade-

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), continua adotando movimentos políticos para capitanear a esquerda nas eleições de 2022. Na próxima terça-feira, 3 de março, ele viaja a São Paulo, onde vai participar de palestra no Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, território político do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O debate é promovido pela Força Sindical, ligada ao Solidariedade e PSDB, e pela Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), alinhada ao PCdoB. As entidades disputam espaço com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), ligada ao PT.

Não é o primeiro movimento adotado por Dino, que tem circulado o Brasil. Há duas semanas, esteve em Brasília. Na capital federal, concedeu entrevista ao programa CB Poder, parceria entre o Correio Braziliense e a TV Brasília. Na ocasião, defendeu diálogo com o PSDB e o apresentador Luciano Huck, potencial pré-candidato às eleições de 2022.

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.