-Publicidade-

Governo libera R$ 3,8 milhões para combate a incêndios no Pantanal

Recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional devem ir para 37 ações nos próximo 90 dias na região.
O ministro Rogério Marinho (dir.) em reunião no Mato Grosso do Sul para entrega de recursos de combate aos incêndios no Pantanal | Foto: REPRODUÇÃO
O ministro Rogério Marinho (dir.) em reunião no Mato Grosso do Sul para entrega de recursos de combate aos incêndios no Pantanal | Foto: REPRODUÇÃO | pantanal, incêndios, rogério marinho, ministério do desenvolvimento regional, recursos

Recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional devem ir para 37 ações nos próximo 90 dias na região

pantanal, incêndios, rogério marinho, ministério do desenvolvimento regional, recursos
O ministro Rogério Marinho (dir.) em reunião no Mato Grosso do Sul para entrega de recursos de combate aos incêndios no Pantanal | Foto: REPRODUÇÃO

O Ministério do Desenvolvimento Regional liberou R$ 3,8 milhões para ações de combate aos incêndios florestais que atingem a região do Pantanal, em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a pasta, os recursos serão usados em 37 ações nos próximos 90 dias. Entre elas estão incluídas a contratação de 200 horas de voo para auxiliar o combate às chamas, locação de helicópteros e a compra de equipamentos para a contenção e extinção do fogo, como mangueiras, esguicho, abafadores, sopradores e piscinas flexíveis.

Nessa terça-feira, 15, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho esteve no Estado, quando anunciou o repasse, que se soma a outros R$ 562,8 mil já transferidos pela União para auxiliar no enfrentamento às chamas. As cidades de Corumbá, Alcinópolis e Pedro Gomes são as mais atingidas.

Nesta quarta-feira, 16, o ministro Marinho estará em Mato Grosso, também para tratar dos incêndios florestais. O governo federal também reconheceu situação de emergência no Estado.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.