Greves de estatais ‘atormentam o país’, reclama integrante do governo

Greves de estatais 'atormentam o país', observa @salimmattarBR
-Publicidade-
Foto: AGÊNCIA BRASIL
Foto: AGÊNCIA BRASIL | greves - correios - salim mattar

Salim Mattar cita o caso dos Correios como exemplo

greves - correios - salim mattar
Foto: AGÊNCIA BRASIL

Empresas estatais que organizam paralisações só trazem malefícios ao país. Assim pode ser definida a visão do secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Salim Mattar. Ao pegar os Correios como exemplo, ele criticou greves feitas por companhias mantidas pelo poder público.

-Publicidade-

Leia mais: “‘Temos de desonerar a folha para gerar empregos’, diz Afif Domingos

“Em plena crise os funcionários dos Correios ameaçam deflagrar uma nova greve a partir de amanhã. A empresa nos últimos 12 anos só não entrou em greve no ano da campanha da ex-presidente Dilma em 2010. Estatais são foco das greves que atormentam o país”, afirmou Mattar. O posicionamento dele foi divulgado por meio de postagem no Twitter nesta segunda-feira, 3.

Greve nos Correios

O exemplo do secretário não foi em vão. Isso porque servidores dos Correios ameaçavam entrar em greve nesta semana. A possibilidade de paralisação, contudo, foi adiada. Agora, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) avisa que se movimenta para, nesse sentido, interromper os serviços a partir de 18 de agosto.

Apesar de o país estar diante da pandemia do novo coronavírus, a entidade registra o desejo em reverter situações relacionadas a salário adicional e vale alimentação, por exemplo. Em outro trecho de seu manifesto, a Fentect revela, contudo, que o movimento grevista também faz parte da “luta” contra a possibilidade de privatização dos Correios.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários

  1. Tem que acabar com essa sangria que os funcionarios publico fazem com os brasileiro tem que vender essas estatais que sao um verdadeiro cabidao de emprego Espero que vendam de uma vez esses correios pq alem de mais e ineficientes e hoje sem utilidade para os brasileiros

  2. Estatais não deveriam existir…pois são um câncer por definição! Servem apenas para empregar apaniguados de políticos, arrancar dinheiro da sociedade para bancar os seus enormes custos, tais como: ter muito mais empregados do que precisa, pagar a eles várias vezes mais que a iniciativa privada paga (e em geral, trabalhando menos) e mais , para que essas empresas, sejam fonte de desvio de verbas para os interesses dos políticos que as controlam (vide o enorme numero de escândalos com estatais inclusive os tais de correios)…
    Então para que servem mesmo…? Para nada…
    Qualquer um que tenha vergonha na cara é contra isso e sabe que o Estado deve se concentrar apenas e tão somente naquilo onde é TOTALMENTE INDISPENSÁVEL, simples assim!
    Qualquer um que seja contra, ou está na categoria dos inocentes, ou dos tolos, ou dos espertalhões que de alguma maneira mamam nas tetas e não querem largar…
    Tudo dito…!

  3. Já passamos do ponto, há muito, de privatizar uma enorme maioria de empresas públicas e de economia mista.
    Retardar é manter a ferida e o país sangrando!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro