Imprensa militante pode ter influenciado jurados do caso George Floyd

É o que argumenta Ana Paula Henkel, em artigo publicado na Edição 57 da Revista Oeste
-Publicidade-
O grupo extremista Black Lives Matter é assíduo promotor de protestos
O grupo extremista Black Lives Matter é assíduo promotor de protestos | Foto: Reprodução/Flickr

Em artigo publicado na Edição 57 da Revista Oeste, a colunista Ana Paula Henkel argumenta que o julgamento do ex-policial de Minneapolis Derek Chauvin, considerado culpado pela morte de George Floyd, pode ter sido influenciado por narrativas criadas pela imprensa progressista.

Leia um trecho

-Publicidade-

“A América esta semana ficou apreensiva com a possibilidade de mais eventos violentos como os protestos do ano passado em algumas regiões do país após a morte de George Floyd. Os protestos, que colocaram em chamas — literalmente — cidades, bairros e uma infinidade de estabelecimentos comerciais que foram completamente destruídos ou saqueados por grupos compostos de terroristas domésticos, como Antifa e Black Lives Matter, pediam apenas “paz” contra o “racismo sistêmico” por parte das forças policiais. É justo debatermos qualquer vertente do racismo? Sim, justo e necessário. No entanto, o suposto racismo sistêmico que muitos pregam pela agenda identitária para fins políticos não é encontrado em nenhuma estatística dos órgãos oficiais norte-americanos.

Não entrarei no mérito desses números oficiais sobre as mortes de brancos, negros e latinos com o envolvimento de policiais, dado que foi tema de um artigo anterior. Apenas repito que os fatos não corroboram a narrativa empurrada pela imprensa militante.”

Gostou? Dê uma olhada no conteúdo abaixo.

Revista Oeste

A Edição 57 da Revista Oeste vai além da coluna de Ana Paula Henkel sobre a possível influência de militantes progressistas no resultado do julgamento do caso George Floyd. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de J. R. Guzzo, Augusto Nunes, Silvio Navarro, Guilherme Fiuza, Rodrigo Constantino, Evaristo de Miranda, Dagomir Marquezi, Ubiratan Jorge Iorio e Branca Nunes.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site