Indefinição: 9 eleitos estão ‘sub judice’ no RJ

Um dos casos é o do filho do ex-governador do Rio Antony Garotinho em Campos dos Goytacazes
-Publicidade-

Um dos casos é o filho do ex-governador do Rio Antony Garotinho, em Campos dos Goytacazes

Wladimir Garotinho
Wladimir Garotinho, candidato sub judice em Campos dos Goytacazes
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ganharam mas ainda não levaram. Assim está a situação de nove candidatos no Rio de Janeiro. Eles não foram declarados eleitos porque suas candidaturas estão sub judice, aguardando decisão da Justiça Eleitoral.

-Publicidade-

Esses municípios terão de esperar decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para conhecer os novos prefeitos.

Leia mais: “O que as eleições de 2020 têm a dizer sobre 2022?”

Campos dos Goytacazes

O filho do ex-governador do Rio Antony Garotinho — Wladimir Garotinho (PSD) — foi o mais votado no segundo turno das eleições em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense. Ele teve 52,4% dos votos válidos.

A eleição está sub judice porque seu vice, Frederico Paes (MDB), não teria observado o prazo para se desincompatibilizar da direção de um hospital.

Petrópolis

O candidato do PSB Rubens Bomtempo obteve 55,18% dos votos em Petrópolis no segundo turno, mas o TRE-RJ indeferiu o registro da candidatura após condenação do pessebista por improbidade administrativa.

Primeiro turno

No primeiro turno, sete candidatos a prefeito no Estado do Rio venceram o pleito mas aguardam julgamento do recurso pelo TSE:

  • Washington Reis (MDB), em Duque de Caxias
  • Christiane Cordeiro (PP), em Carapebus
  • Renato Cozzolino (PP), em Magé
  • Dayse Onofre (PL), em Paraíba do Sul
  • Jaime Figueiredo (Pros), em Silva Jardim
  • Dr. Silvestre (PP), em Varre-Sai
  • Neto (DEM), em Volta Redonda
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Muito pouco se exige de cidadãos que se candidatam. A maioria não tem condições intelectuais nem probidades civis, além de jovens demais.

  2. Está aí bem definido e em cores, o perfil dos eleitores desses crápulas. Só gente de alto nível. Alto nível em tudo o que possa alguém imaginar. Enfim, vida que segue.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.