Luciano Hang esclarece confusão durante abertura de unidade da Havan no RN

Loja foi embargada pelo Corpo de Bombeiros; empresário falou em perseguição política promovida pela governadora petista do Estado
-Publicidade-
O empresário Luciano Hang discursa para clientes, depois de o Corpo de Bombeiros embargar a inauguração da unidade em Natal, no Rio Grande do Norte - 24/09/2022 | Foto: Divulgação/Luciano Hang
O empresário Luciano Hang discursa para clientes, depois de o Corpo de Bombeiros embargar a inauguração da unidade em Natal, no Rio Grande do Norte - 24/09/2022 | Foto: Divulgação/Luciano Hang

O empresário Luciano Hang esclareceu nesta segunda-feira, 26, a confusão no entorno da inauguração de uma unidade da Havan em Natal, capital do Rio Grande do Norte (RN). Prevista para abrir as portas no sábado, a loja só começou a funcionar ontem, depois de um embargo do Corpo de Bombeiros.

“O problema comigo é politico, porque o Estado é comandado pelo PT, por isso que estão embargando a loja”, disse Hang. “Essa é uma das lojas mais seguras do RN. Este é um Estado da burocracia. Não vamos inaugurar hoje, prejudicando os funcionários e prejudicando quem está esperando desde cedo.”

Segundo os bombeiros, a loja tinha pendências a serem resolvidas. No início da tarde de hoje, a Havan reconheceu a pendência, mas informou que não impediriam a inauguração na data, “se o Corpo de Bombeiros tivesse mantido o Termo de Autorização para Adequação do Corpo de Bombeiros (TAACB)”.

-Publicidade-

“Desistiram do TAACB em cima da hora”, disse Luciano Hang, sobre o caso. “O intuito foi não deixar a loja inaugurar antes das eleições. Quiseram atrasar o processo. Inclusive, estavam com a documentação desde julho para analisar.”

Na ocasião, Hang desculpou-se com o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Monteiro da Silva Junior. “Reitero ainda o que disse: o RN já vive igual a Cuba, o Estado mais burocrático do país”, observou. “O que aconteceu com nossa loja foi, sim, excesso de burocracia e falta de liberalismo.”

Leia também: “O capitalismo brasileiro mostra sua força”, coluna de Bruno Meyer publicada na Edição 131 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Nesse nordeste aí, se não der propina, não libera nada. Um povo governado por politicos já consumidos pela corrupção, o que vale é grana no bolso desses canalhas.

  2. Uma amostra de comportamento governamental no caso de Lulaladrão voltar ao poder. Estilo burocracia cubana, venezuelana, boliviana, nicaraguense… Acorda Brasil!!!

  3. Fizeram a maior propaganda comercial para o Hang! Inacreditável a quantidade de pessoas nesta foto, parecendo até que o Bolsonaro participaria da inauguração… kkkkkk

  4. infelizmente os estados do NE são atrasados…a governadora desse pobre estado conseguiu piorar o que ja era ruim… coisa de petralha…e eles querem voltar…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.