Maia volta a palpitar sobre governo e minimiza denúncia por corrupção

Presidente da Câmara dos Deputados faz alerta ao Poder Executivo
-Publicidade-
Rodrigo Maia volta a falar sobre o governo federal | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Rodrigo Maia volta a falar sobre o governo federal | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil | rodrigo maia - palpites - governo federal - denunciado por corrupção

Presidente da Câmara dos Deputados faz alerta ao Poder Executivo

rodrigo maia - palpites - governo federal - denunciado por corrupção
Rodrigo Maia volta a falar sobre o governo federal | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
-Publicidade-

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aproveitou uma entrevista que concedeu nesta segunda-feira, 2, para atacar novamente de analista político em relação ao Poder Executivo. Ele declarou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, parece estar “sozinho” no governo.

“A gente não sabe o que o governo quer”

“O orçamento público para o próximo ano é uma incógnita para todos nós, porque a gente não sabe o que o governo quer, o que o governo vai propor”, declarou Maia, ao participar de uma live organizada pelo jornal Valor Econômico, veículo de comunicação mantido pelo Grupo Globo. “Guedes está praticamente sozinho, isolado na tentativa de se encontrar caminhos [para o orçamento]“.

Leia mais: “Três décadas da política brasileira resumidas em dois minutos”

Em mais de 50 minutos de entrevista, Maia registrou outros palpites em relação ao governo federal. Declarou, por exemplo, ser preciso o Executivo se movimentar para ajudar o Legislativo a destravar pautas de interesse público. Por fim, sugeriu punições contra quem decidir não se vacinar da covid-19.

“Precisamos trabalhar para que a vacina [contra o novo coronavírus] chegue ao alcance de todo o brasileiro”, declarou. Nesse sentido, ele disse temer que uma futura proibição da Coronavac atrapalhe a relação comercial do Brasil com a China.

Inquérito na PGR

Depois de analisar as ações realizadas pelo governo federal, Rodrigo Maia falou a respeito da denúncia retomada contra ele. No último sábado, 31, foi tornada pública a decisão da Procuradoria-Geral da República (PGR) de reabrir o inquérito contra ele pelos crimes de corrupção passiva e caixa dois. O tema, deixado para o fim da entrevista, foi comentado rapidamente pelo parlamentar. Ele registrou “não acreditar” que a reabertura da investigação tenha se dado por razões políticas. De forma sucinta, enfatizou ter a certeza de que o caso será novamente arquivado.

Maia aponta artilharia para Salles e ataca o ministro

Depois de Salles, Maia aponta artilharia para Guedes

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site