Mandetta desistiu da disputa pela presidência, confirma Bivar

O presidente do DEM, ACM Neto, participou da conversa que resultou na decisão
-Publicidade-
Ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta
Ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta | Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Filiado ao DEM, o ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta desistiu da presidência do Brasil. Ele deve tentar uma vaga no legislativo.

De acordo com Luciano Bivar (PSL-PE), Mandetta desistiu de tentar a presidência e deve concorrer ao legislativo. O presidente do DEM, ACM Neto, participou da conversa que resultou na decisão.

“O Mandetta declinou”, disse o político à CNN. O ex-ministro pretende se candidatar ao Senado ou Câmara no Mato Grosso do Sul”. “Nós queremos sair com uma candidatura própria, mas não descartamos fazer composições”, concluiu Bivar. Ele está entre os futuros dirigentes da União Brasil. A legenda será composta por DEM e PSL.

-Publicidade-

A princípio, o União Brasil agora fica sem candidatos ao Planalto. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que se coloca como presidenciável, migrou para o PSD. José Luiz Datena, que também pretendia entrar na disputa, partiu para a mesma legenda do senador. Contudo, o apresentador de TV deve concorrer a vaga no Senado.

Ao mesmo tempo, existe uma ala do União Brasil favorável que a legenda não se comprometa com qualquer candidatura. Desse modo, o grupo defende que os filiados possam formar palanques regionais.

Como Mandetta desistiu, é possível que seu apoio vá para o ex-ministro da Justiça Sergio Moro. Ambos foram ministros durante o governo Bolsonaro e deixaram o cargo no Executivo depois de romperem com o presidente. Os dois militam por uma candidatura de terceira via em 2022. O médico já fez um gesto público ao comparecer à cerimônia de filiação do ex-juiz ao Podemos.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Zero à esquerda.

    E depois que traiu o Presidente, andou várias posições mais à esquerda.

    Se ainda conseguir se eleger para alguma coisa, é porque as urnas eletrônicas são infraudáveis e o sistema eleitoral é inquestionável.

  2. Está na lista para se filiar ao Podemos, local de traíras como o Álvaro Dias (Muda Se nada, muda Brasil), Sérgio traidor Mor(o), Santos Cruz. Outro da lista é o Aécio Neves.

  3. Desistiu de passar vergonha isto sim, alias este ex presidiário ai que lidera as pesquisas dos esquerdopatas se tivesse certeza de eleições limpas desistiria também.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.