Marina Silva cobra de países ricos doação bilionária

Valor é para nações em desenvolvimento combaterem as 'mudanças climáticas'

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Marina revelou estar em contato com instituições e entidades filantrópicas para captar mais recursos do Fundo Amazônia
Marina revelou estar em contato com instituições e entidades filantrópicas para captar mais recursos do Fundo Amazônia | Foto: Elisa Fiuza/Agência Brasil

Ao participar do Fórum Econômico Mundial nesta terça-feira, 17, a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, cobrou dos países ricos uma doação de cerca de US$ 100 bilhões (pouco mais de R$ 500 bilhões) para a proteção ambiental.

Durante o evento, Marina lembrou que o valor é um compromisso firmado em 2015, no chamado Acordo de Paris, com o objetivo de combater as “mudanças climáticas”. O dinheiro é destinado a nações mais pobres e teria de ser distribuído, anualmente, desde 2020. A promessa, contudo, não foi cumprida.

“Nós temos uma boa regulação global, mas faltam os investimentos”, observou Marina Silva. “Precisamos de um aporte de recursos para ações de mitigação, como também de adaptação.”

-Publicidade-

Marina revelou estar em contato com instituições e entidades filantrópicas para captar mais recursos do Fundo Amazônia. Além disso, a ministra do Meio Ambiente disse estar em contato com as fundações comandadas por Leonardo DiCaprio e Jeff Bezos. As tratativas envolvem o Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Criado há 14 anos para financiar ações de redução de emissões provenientes da degradação florestal e do desmatamento, o fundo é considerado uma iniciativa pioneira na área, e foi retomado pelo governo Lula.

Leia também: “Estratégia para a Amazônia ou os escravos da natureza”, artigo do general Villas Bôas publicado na Edição 146 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

20 comentários Ver comentários

  1. Esses comunistas velhos me lembram aqueles brinquedos antigos em que se puxava uma cordinha nas costas e eles gesticulavam e falavam umas frases gravadas…..no começo empolgam, mas logo se tornam monótonos e ultrapassados.

  2. Não tem nada de novo. Essa gente não tem capacidade nenhuma. O Ricardo Salles já falava nessa “dívida” de 100 bilhões q os países ricos teriam com o Brasil para ajudar na preservação ambiental. Ele dizia da total falta de coerência dos países poluidores q falam muito mas na hora do vamos ver $ nada fazem. E taí nossa ministra zumbi indo bater no mesmo bumbo de sempre.

  3. Esta senhora que se pensava já está no ostracismo político, infelizmente renasceu das cinzas.
    Esta figura, ou se faz de idiota, ou pensa que as pessoas são idiotas.
    Qual país vai fazer doações, se não tiver interesses outros?

    Nós como sempre, se portando como um paiseco qualquer….

  4. O Fundo Amazônia é um ralo de dinheiro, um antro de corrupção para enganar incautos. Busquem saber sobre os REAIS benefícios do Fundo PARA a Amazônia. Investigue, Oeste!

  5. A sem casca pedindo esmola em Davos. Que lindinha! Nem precisa porque agora depois que o amor venceu não será mais derrubada nenhuma árvore no Brasil.
    A Associação Mundial dos Répteis e Antigos Batráquios (AMURABA), o Congresso Internacional de Anuros e Urodelas (CIAU), sem falar na Association Française des Tétards Sans Frontières (AFTSF) da qual o Micron deveria ser presidente honorário, se rejubilam e festejam esta importantíssima conferência em Davos, grande centro cultural da comunidade helvética.

  6. Pra quem não sabe, todo país pode emitir X de poluentes. Países desenvolvidos compram essa porcentagem de emissão de países otários e menos desenvolvidos já que emitem menos para não sair mal com a ONU e essas merdas de organizações ambientais. Um dinheiro insignificante para eles, pra que possam continuar produzindo a todo vapor da forma que querem. Acordo de Paris nada mais é que algo organizado pelos desenvolvidos para que os sub atinjam as metas para que eles possam compra-las.

  7. Essa turma canhota só pensa em dinheiro. Existe algum problema? Tome mais dinheiro. Para essa turma que adora agradar Mamon e Moloque, tudo se resume a dinheiro. Acontece que por mais que consigam dinheiro, nunca lhes é suficiente, nem solução pra nada. São uma mistura nefasta de incompetência e corrupção.

  8. Marina acha pouco os milhões que mama presidindo um partido com 3 gatos pingados e já quer extorquir os branquelos d’Europa que fizeram carvão de suas florestas e querem o oxigênio da nossa? Vá mamar no bode vaca louca.

  9. Não trabalham, vivem como pedintes, é uma Humilhação ao povo trabalhador brasileiro. Falsa, criticava o desapenado por corrupções e foi com ele e álcoolmim pra cena dos crimes, Vergonhosa

  10. Incrível como essa gente só fala em grana. Eles querem dinheiro de países que devastaram suas vegetações, são os mais industrializados do Globo e os maiores poluentes. Mas pagando bem que mal tem não é Marina ? Esta sujeita não serve pra nada, quanto mais vejo essa gente falando mais puto da vida fico com Bolsonaro e FFAA . Deixaram nos roubar !

    1. O ET da floresta retornou com fome, a quadrilha não fala mais em milhões fala em meio trilhão. Nesse preço é Amazônia toda de porteira fechada.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.