‘Ministro Alexandre de Moraes, o Sr. será impeachmado’, diz advogado de Roberto Jefferson

Afirmação foi feita durante coletiva de imprensa, após audiência de custódia
-Publicidade-
Coletiva de imprensa com Luiz Gustavo Pereira da Cunha (à esquerda), advogado de Roberto Jefferson e a vice-presidente do PTB, Graciela Nienov (à direita) | Foto: Mídias Sociais
Coletiva de imprensa com Luiz Gustavo Pereira da Cunha (à esquerda), advogado de Roberto Jefferson e a vice-presidente do PTB, Graciela Nienov (à direita) | Foto: Mídias Sociais

Durante coletiva de imprensa na tarde deste sábado, 14, o advogado de Roberto Jefferson, Luiz Gustavo Pereira da Cunha, pediu o relaxamento da prisão preventiva do ex-deputado federal e presidente do PTB. Ele quer converter a pena em prisão domiciliar. A resposta ainda aguarda análise do relator, ministro Alexandre de Moraes, que não estava presente na audiência.

“EXCLUSIVO: A última entrevista”, Roberto Jefferson conversou com Oeste na véspera de sua prisão

Luiz disse que “a decretação de prisão preventiva não se mostra compatível com os crimes listados pelo ministro”. Diante do fato, afirmou: “Ministro Alexandre de Moraes, o senhor será impeachmado”. O advogado lembrou que Jefferson “está com infecção aguda no fígado e nos rins”, passando por tratamentos.

-Publicidade-

Leia mais: “Prisão de Roberto Jefferson repercute nas redes sociais”

A vice-presidente do PTB, Graciela Nienov, também participou da coletiva de imprensa. Disse que o grito do partido é por “liberdade, liberdade, liberdade” e reforçou que não vai se “calar perante as injustiças que estão fazendo contra nossos lideres”.

Leia também: “Bolsonaro pedirá abertura de processo contra Barroso e Moraes”

Jefferson está detido em Bangu 8, que faz parte do Complexo de Bangu, na Zona Oeste do Rio. Na unidade, ficam as pessoas presas que têm curso superior.

 

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários

  1. Se quisermos resolver os problemas de vez, então devemos, conjunta ou alternativamente:

    1) Lutar pela realização de um Triplebiscito (candidaturas independentes, voto impresso e restringir os poderes do STF) – youtu.be/uC8IraYgCCA

    2) Acabar com a “Ditadura do Supremo” – youtu.be/NBTewR2z_30

    3) Ou, pelo menos, aprovar, via lei ordinária, uma Alternativa ao Voto Impresso- youtu.be/ebVV0EldkOY

  2. Pachequin disse que não vai aceitar um impeachment de ministros do STF, mesmo que estejam dando um golpe na nação. Óbvio que tem que um indivíduo desses tem que ser cassado.

  3. Pautas dia 7 de setembro:
    1- Prisão em segunda instância, com a presença de Mendonça imediatamente no stf.
    2- cassação do xandimorais e sua prisão. Bem como do barroso.
    3- redução para 10 anos de mandato para togados dos tribunais superiores. Já foi aprovado pelo senado, está aguardando na “cama”, na gaveta do lira. Deputados apoiadores de Bolsonaro que se ajuntem ao podemos e aprovem logo isso. Desde que já valha imediatamente. Assim, ficará apenas 3 togados. Impichmando o Moraes, vai ficar somente 2 da corja. Assim, Bolsonaro e o Congresso se livram de quase todos os mimizentos do stf.. Até mesmo das duas buchas

  4. O povo trabalhador reage ou vai aguentar os mimizentos deuzes até:
    1- xandi até 2043 5- Gilmar idp ITAIPU 2030 Rosa espinhenta 2023
    2- tofoli 2042 6- Cármen múmia 2029 Kassio Nunes Marques 2047
    3- fachin 2033 7- fux 2028 André mendonça
    4- barroso 2033 8- Ricardo levando uísque 2023
    Sem direito a reunião em igrejas e praças como é na China

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro