Moraes exige laudo médico para autorizar transferência de Jefferson a hospital

Ex-deputado está internado desde 1º de setembro na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bangu
-Publicidade-
Roberto Jefferson está preso desde 13 de agosto
Roberto Jefferson está preso desde 13 de agosto | Foto: Divulgação/PTB

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), exigiu laudo médico para autorizar a transferência do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, para um hospital particular em Botafogo, no Rio de Janeiro. O ex-deputado está internado desde 1º de setembro na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bangu.

Em despacho, o magistrado pediu laudo médico detalhado à defesa, dentro de 48 horas, para analisar se o político necessita mesmo da internação fora do presídio. A decisão é de ontem, quinta-feira 2. A defesa de Jefferson alega que seu cliente tem saúde frágil e toma 22 comprimidos por dia desde que passou por cirurgia bariátrica e tratamento contra um câncer.

O ex-parlamentar é investigado no inquérito que apura a organização e o financiamento de supostos ataques às instituições e à democracia.

-Publicidade-

Jefferson foi preso em 13 de agosto.

Leia também: “Por ordem de Alexandre de Moraes, PF prende apoiador de Bolsonaro”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários

  1. Os advogados têm de EXIGIR a soltura da prisão ILEGAL, não prisão domiciliar ou outra que seja. Têm de mostrar a ILEGALIDADE da situação patrocinada pelo advogado militante travestido de ministro.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro