Morre Marco Maciel, ex-vice-presidente, aos 80 anos

Político sofria com complicações do Mal de Alzheimer desde 2014
-Publicidade-
Marco Maciel deixa mulher e três filhos
Marco Maciel deixa mulher e três filhos | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O ex-vice-presidente da República Marco Maciel morreu neste sábado, 12, aos 80 anos. A informação foi confirmada pelo Democratas, partido do qual o político fazia parte. O sepultamento será realizado no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul, em Brasília.

Maciel, que ocupou a vice-presidência entre 1995 e 2002, nos mandados do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, sofria desde 2014 com complicações do Mal de Alzheimer — doença progressiva que destrói a memória e outras funções mentais importantes. Ele deixa mulher e três filhos.

Trajetória

-Publicidade-

O ex-deputado iniciou sua trajetória política na Aliança Renovadora Nacional (Arena). Após o fim do bipartidarismo, foi um dos articuladores do Partido Democrático Social (PDS), que substituiu a Arena. Ele seguiu no Partido da Frente Liberal (PFL), sucessor do PDS, e no Democratas (DEM), nome atual da legenda.

Antes de ser eleito e reeleito vice-presidente nas eleições de 1994 e 1998, Maciel foi deputado federal entre 1971 e 1979. Além disso, foi governador de Pernambuco entre 1979 e 1982. Também foi senador nos períodos de 1983 a 1985, 1987 a 1994 e 2003 a 2011. O pernambucano foi, ainda, ministro da Educação e Cultura, de 1985 a 1986, e ministro da Casa Civil, entre 1986 e 1987, no governo do ex-presidente José Sarney. Maciel participou, como senador, da Assembleia Nacional Constituinte, entre 1987 e 1988.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Político sério, honesto e pacifista. Não se assemelha em nada com seu conterrâneo, um certo Carniça, o maior ladrão já defecado no Brasil. Meus sentimentos de pesar à família enlutada.

  2. Para mim a contribuição política efetiva que ele deu ao Brasil foi quase nula – mas pelo menos era muito mais ético do que esse lixo esquerdopata que infesta o PSDB nos dias de hoje. Que descanse em paz.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site