Mourão pode manter Forças Armadas na Amazônia até 2022

Mourão pode manter Forças Armadas na Amazônia até 2022
-Publicidade-
Agentes irão atuar na Amazônia até novembro | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Agentes irão atuar na Amazônia até novembro | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil | Forças Armadas Amazônia

Ação das Forças Armadas na floresta brasileira tenta combater o desmatamento

Forças Armadas Amazônia
Agentes atuam no combate ao desmatamento| Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O vice-presidente Hamilton Mourão disse nesta quarta-feira, 15, que o governo pode manter a operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) executada pelas Forças Armadas na Amazônia até o fim do mandato do presidente Jair Bolsonaro. Ou seja, até 31 de dezembro de 2022.

-Publicidade-

O governo anunciou uma primeira versão da operação em agosto no ano passado, como resposta à alta das queimadas. As ações duraram 60 dias. Porém, após criar o Conselho da Amazônia, em fevereiro de 2020, o governo anunciou, em maio, a Operação Verde Brasil 2.

“A operação é uma medida urgente, mas não é um esforço isolado. Temos o planejamento para manter a GLO, se necessário, até o final do atual mandato presidencial, em 31 de dezembro de 2022. As ações estão sendo ampliadas para evitar as queimadas durante o verão amazônico, que já começou e se estende até setembro”, afirmou Mourão.

O vice-presidente afirmou ainda que o governo não nega nem esconde a informação sobre a gravidade da situação da floresta brasileira. Entretanto, disse que não aceita o que chamou de “narrativas simplistas e enviesadas” sobre o assunto.

Ele disse que as repercussões da imagem ambiental do Brasil afetam diversos setores da economia do país e podem comprometer sua capacidade de atrair investimentos.

“Como se não bastasse o prejuízo natural brasileiro, os crimes ambientais deixam nosso país vulnerável a campanhas difamatórias, abrindo caminho para que interesses protecionistas levantem barreiras comerciais injustificáveis contra as exportações do agronegócio”, declarou Mourão.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Parabéns ao General Mourão. Além de fiscalizar as queimadas, as FFAA estão lá para proteger as nossas imensas riquezas as quais vem sendo escandalosamente roubadas por ONGs de meia tigela , muitas delas financiadas por outros países.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.