MP pede a prisão preventiva de ‘hacker’ da Lava Jato

Órgão garante que Walter Delgatti Neto descumpriu ordens judiciais
-Publicidade-
Hacker invadiu celulares de autoridades
Hacker invadiu celulares de autoridades | Foto: Reprodução/Internet

Na sexta-feira 19, o Ministério Público Federal pediu à Justiça a prisão preventiva do hacker Walter Delgatti Neto. Ele é acusado de roubar dados de celulares de autoridades, entre elas, o ex-juiz Sergio Moro e integrantes da Lava Jato. O criminoso virtual foi preso pela Polícia Federal em julho de 2019, no âmbito da Operação Spoofing. À época, Delgatti Neto admitiu à PF que entrou nas contas de autoridades e que repassou mensagens ao blog de esquerda The Intercept Brasil. Contudo, o hacker garante não ter alterado o conteúdo tampouco recebido dinheiro. Além de Delgatti, outros hackers foram presos. No entanto, em outubro do ano passado, a Justiça Federal revogou a prisão preventiva dos bandidos e impôs limites à circulação deles.

Saiba mais

-Publicidade-

No ofício em que pede a revogação das medidas cautelares e a decretação de nova prisão preventiva de Delgatti Neto, a procuradora Melina Castro Montoya Flores argumenta que o hacker “vem descumprindo uma das medidas cautelares, notadamente a proibição de acesso e uso da rede mundial de computadores, a internet”. Segundo a procuradora, no último dia 16, o hacker concedeu uma entrevista a um canal no YouTube sob o argumento de que o acesso à internet foi realizado pelo advogado, a partir do escritório de advocacia. “Tal argumento não pode ser aceito. É um jogo de palavras na tentativa de afastar violação da medida cautelar acima descrita ao afirmar que o réu não está usando o que está usando”.

Leia também: “O fim da Lava Jato”, artigo de Silvio Navarro publicado na edição 46 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.