MP sobre venda de ativos da Caixa perde validade

Medida havia sido editada pelo presidente Jair Bolsonaro em agosto
-Publicidade-
Agência da Caixa Econômica Federal | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Agência da Caixa Econômica Federal | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil | Caixa

Medida havia sido editada pelo presidente Jair Bolsonaro em agosto

Caixa
Agência da Caixa Econômica Federal | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
-Publicidade-

A medida provisória 995/2020 “caducou” no último fim de semana. Editada pelo presidente Jair Bolsonaro no início de agosto, a proposta autorizava a Caixa Econômica Federal e suas subsidiárias a criarem outras empresas com intuito de vender esses novos ativos à iniciativa privada. Após 120 dias, o tema não foi apreciado pelo Congresso Nacional e, com isso, perdeu valor legal.

Leia mais: “Governo prevê privatização de Eletrobras e Correios em 2021”

Antes de perder seu efeito prático, a MP chegou a receber mais de 400 sugestões de mudanças em seu projeto original, as chamadas emendas, informa a Agência Senado. Inicialmente, a medida indicava o interesse do governo federal em se desfazer de ativos considerados “não estratégicos” para a Caixa ao decorrer de 2021. Seriam os casos, por exemplo, das divisões voltadas à venda de cartões de crédito e ao mercado de seguros.

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não se manifestaram a respeito da MP não ter ido à votação em mais de quatro meses.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comments

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site