Na COP 26, Pacheco se encontra com alto representante da China

Presidente do Senado integra uma comitiva de senadores e deputados que estão em Glasgow, na Escócia
-Publicidade-
Da esquerda para a direita: senadora Kátia Abreu; representante da China, Xie Xhenhua; presidente do Senado, Rodrigo Pacheco; senadora Eliziante Gama; senador Acir Gurgacz; e senador Jaques Wagner | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Da esquerda para a direita: senadora Kátia Abreu; representante da China, Xie Xhenhua; presidente do Senado, Rodrigo Pacheco; senadora Eliziante Gama; senador Acir Gurgacz; e senador Jaques Wagner | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O primeiro compromisso do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), em Glasgow, na Escócia, foi um encontro com o alto representante do governo da China responsável pela questão das mudanças climáticas, Xie Xhenhua.

Pacheco integra uma comitiva de senadores e deputados que participam da COP 26 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas), que teve início em 31 de outubro e prossegue até 12 de novembro.

-Publicidade-

“Conversamos muito a respeito da importante parceria que existe entre o Brasil e China em diversos aspectos de desenvolvimento. E Brasil e China têm a plena compreensão que este processo de desenvolvimento precisa estar alinhado com as regras ambientais”, disse o presidente do Senado.

Reino Unido

Pacheco também esteve reunido com o embaixador do Reino Unido, John Hutton. No encontro, o presidente do Senado reconheceu que o desmatamento ilegal “é algo marginal, fora da lei” e lamentou que as leis ambientais sejam descumpridas por alguns.

“É muito importante, por outro lado, exigir que os países desenvolvidos cumpram aquilo que já foi acordado, que são os investimentos a países em desenvolvimento, como o Brasil, para que tenhamos aqui os recursos necessários para fazer frente a essas políticas de preservação do meio ambiente”, pontuou.

O presidente do Senado reiterou que é preciso desenvolver a economia, a indústria e o agronegócio brasileiros com respeito ao meio ambiente e, sobretudo, permitir que as pessoas, especialmente aquelas da Amazônia, possam ter estímulo, inclusive de ordem econômica e financeira, para poder deixar a mata em pé.

Senadores

Pacheco esteve na companhia dos senadores Jaques Wagner (PT-BA), Acir Gurgacz (PDT-RO) e Katia Abreu (PP-TO), que presidem, respectivamente, as comissões de Meio Ambiente, de Agricultura e Reforma Agrária e de Relações Exteriores e Defesa Nacional.

Também participam do encontro os senadores Jean Paul Prates (PT-RN), Fabiano Contarato (Rede-ES), Giordano (MDB-SP), Irajá (PSD-TO) e Eliziane Gama (Cidadania-MA).

Com informações da Agência Senado

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. Muito me enoja os movimentos desse indivíduo que deveria estar presidindo um senado sério. Ficar puxando saco de chinês louco não é o seu papel, o senado está uma zona, CPI circo, ccj particular, parabenização pelos 100 anos de comunismo da china, Greta louca, e outras mais, aí o cara vai para a cop26, fazer o quê? E puxar o saco de quem não deu a mínima para adotar ações de redução de emissão de gases. É o fim da picada, esse cidadão é totalmente torto e não pode permanecer a frente no congresso.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.