‘Não vão ser 1 ou 2 ministros do STF que vão decidir o destino de uma nação’, diz Bolsonaro em SC

'Quem não quer eleições limpas e contagem pública de votos pode se tudo, mas não é democrata', afirmou o presidente
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro em Florianópolis | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Presidente Jair Bolsonaro em Florianópolis | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado, 7, que não serão “1 ou 2 ministros do Supremo Tribunal Federal que vão decidir o destino de uma nação”. A declaração foi dada em Florianópolis após o mandatário participar de uma motociata com apoiadores. O presidente voltou a defender enfaticamente o voto impresso auditável.

“Quem decide eleições são vocês, não são meia dúzia dentro de uma sala secreta que vai contar e decidir quem ganhou as eleições. Não vai ser um ou dois ministros do Supremo Tribunal Federal que vão decidir o destino de uma nação. Quem teve voto, quem tem legitimidade, além do presidente, é o Congresso Nacional”, afirmou.

Leia mais: “‘Querem no tapetão decidir as coisas no Brasil’, afirma Bolsonaro”

-Publicidade-

“Quem não quer eleições limpas e contagem pública de votos pode se tudo, mas não é democrata e quem não é democrata não tem espaço no nosso Brasil. Eu tenho limites, alguns outros, poucos, acham que são donos do mundo, vão quebrar a cara porque nós continuamos jogando dentro das quatro linhas da Constituição, o outro lado, não raramente, sai de fora destas quatro linhas para nos atingir”, continuou.

Mesmo dizendo que não estava fazendo “uma advertência ou um ultimato” ainda declarou: “Não continue nos provocando, não queiram nos ameaçar, não queiram impor a sua vontade”.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários

  1. Quem considera a Venezuela uma democracia não tem qualificações suficientes para permanecer no STF. Deve ser defenestrado para o bem da nação. Só pode ser ministro da República de Abadiânia.

    1. O ativismo político de Barroso e de Moraes tiraram qualquer condição deles permanecerem no STF e no TSE. Não agem como juízes imparciais, mas como agentes políticos de uma causa/ideologia.

  2. O Bolsonaro, com todos seus defeitos, deve requerer por escrito ao Alexandre de Moraes que inclua no inquérito do fim do mundo, das fake news, a inclusão de vários jornalistas que ameaçaram ou torcem pela sua morte, numa tentativa vil de dizer que são da imprensa livre e democrata. Ou seja, se alguém ameaça o Alexandre e é processado, por justiça, também deve ser processado pelo Presidente.

  3. Esta demorando para que o país volte a normalidade. O mundo está passando por um problema sério com a pandemia e no Brasil não é diferente. Acho que os dois juízes tem que abandonar a corte e essa corte só se preocupar em fazer cumprir as leis. Se os dois juízes estão conspirando contra a democracia que PAGUEM o preço que bandidos pagam. Esses dois querem obrigar as FFAAs a se arrastarem para uma encruzilhada que é péssima, mas que para proteger a liberdade da população, esses soldados até se arriscariam. Mas o preço para a nação e para a população seria doloroso e insensato, mas necessário caso o terrorismo judicial venha a se instalar.

    1. Que encruzilhada? Quer assustar quem? Tem nada disso, as FAs se abstiveram de qualquer intervenção até o momento em que não dará mais, aí é pau no lombo da cambada que estiver sabotando o país, sejam juízes, parlamentares, imprensa comprada e o escambau. E foda-se a repercussão mundial. Qualquer coisa é melhor que comunismo aqui.

  4. País está em uma encruzilhada por conta do STF e isto é incontestável. Depois de todos os desmandos, continuam insistindo em sua sanha de remover o presidente eleito. Congresso comprometido e envolvido tbem com esta deturpação. Isso n vai acabar bem; a grande maioria da população está saturada e querendo q país retome a normalidade tanto na área da saude qto na economia para que possamos tocar nossa vida em paz. N vejo outra solução que não seja a remoção de todos ministros do STF de imediato, chega de papo, chega de bancar esses caras pois n nos representam.

  5. Bolsonaro tomou posse, mas praticamente não exerceu a Presidência da República. Foi vítima de uma golpe dado pelo STF desde o primeiro ano de governo, com apoio da imprensa desmamada. Veio a pandemia e o golpe se aprofundou. O STF rasgou a Constituição com inquéritos ilegais para apurar crimes que não têm definição legal, restringiu a liberdade de expressão do povo, perseguiu jornalistas independentes, prendeu ilegalmente um deputado com imunidade parlamentar, instaurou no Senado uma CPI para perseguir apoiadores do Presidente, compôs uma Comissão Especial na Câmara de Deputados para impedir eleições transparentes e agora investiga até o Presidente por crimes sem definição em leis. Outro que estivesse no lugar de Jair Bolsonaro já teria renunciado ou dado um contragolpe, tocando fogo no circo. Se não tivéssemos um Senado com rabo preso, metade do atual STF já teria sido destituído. Uma eleição livre e democrática de verdade (com voto impresso auditável) é a única forma pacífica do país retornar à normalidade. É o que dará a certeza de que quem for empossado realmente foi escolhido pelo eleitorado e não por um punhado de técnicos e militantes extremistas. Figuras patéticas, que hoje exercem cargos eletivos, serão varridas do cenário político dentro de, no máximo, três anos. Esse é o Brasil que queremos. A outra alternativa é nos acostumarmos a viver sob a tirania de regimes de exceção, num agravamento do que vemos hoje, e sermos depenados sistematicamente por Mensalões, Petrolões, Covidões, etc etc etc.

  6. Certíssimo o presidente! Não serão uns e umas marginaizinhos (as) que vão mandar no país! Que vão ao menos estudar Direito e Ética ou peguem no batente num campo de concentração dos países que eles veneram, para fazer jus ao menos ao que comem! Além de inúteis completos, atrapalham e oneram os contribuintes!

  7. O PRESIDENTE FOI ELEITO PELO POVO BRASILEIRO E EM NOME DELE PRECISA REAGIR CONTRA AS MAIS DURAS E COVARDES INVESTIDAS NO SEU GOVERNO, TANTO PELO STF QUANTO PELA MÍDIA E PELA POLÍTICA ESQUERDISTA INÚTIL.

  8. SE VCS REPARAREM, O stf/tse É A ÚLTIMA CAMADA DE OFENSIVA DO SISTEMA AO ATUAL GOVERNO CENTRAL, TODAS AS DEMAIS JÁ ESTÃO CAÍDAS OU NÃO SERVEM MAIS, OU SEJA, PESSOAS ACASTELADAS QUE FORAM POSTAS EM SEUS ESPAÇOS DE TRABALHO MASCARADAS DE VIRTUDE E SABEDORIA E SEM O MENOR CONTATO COM QUALQUER UM QUE POSSA PARECER SAÍDO DA POPULAÇÃO. ESSA GENTE SE REÚNE EM MANSÕES E DO ALTO DA CÚPULA BANCADA PELO POVO E REGADA A BEBIDAS E COMIDAS CARÍSSIMAS ELES CONSPIRAM, E CONSPIRAM, E CONSPIRAM. TÁ PRA ACABAR ISSO, TENHO A IMPRESSÃO!

  9. JB é de artilharia. Por enquanto, a tática é sustentar uma barragem de fogo nas linhas inimigas. Ainda não chegou o momento de mandar a infantaria avançar apoiada por blindados. Qualquer precipitação pode custar muitas baixas. Temos muitas peças de artilharia, e munição à vontade. Quando a munição escassear, chamaremos a aviação. Aguardem o toque de avançar.

  10. Já é preciso ter um Plano B caso o voto impresso não seja aprovado pelo Congresso Nacional: vide PROPOSTA ALTERNATIVA AO VOTO IMPRESSO SEM NECESSIDADE DE APROVAÇÃO DE PEC E SEM A SUA IMPRESSÃO. Garante 95% de confiabilidade ao resultado das eleições e com custos mínimos… https://youtu.be/ebVV0EldkOY

  11. Enquanto as FFAAs não tomarem uma providência permitida pelo art 142 essa baderna do STF não terminará. Fux parece um bêbado, Fachin Gilmar e Barroso parecem menininhas, as menininhas Rosa e Carmem parecem menininhos e Lewandowski e Toffoli ainda estão pagando pedágio para o Lula. Fora Xandao que todos sabem a quem ele representa. Desse jeito o Brasil não se arruma até 2040. Cuidado brasileiro. Só rosnar não leva a lugar nenhum.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro