OAB pede que STF obrigue Bolsonaro a ‘adotar medidas de combate à fome’

Retomada do auxílio emergencial no valor de R$ 600 está entre as solicitações
-Publicidade-
OAB quer que Bolsonaro tome 'medidas contra a fome'
OAB quer que Bolsonaro tome 'medidas contra a fome' | Foto: Mateus Bonomi/Agência de Fotografia/Estadão Conteúdo

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pediu nesta segunda-feira, 27, ao Supremo Tribunal Federal (STF) que obrigue o governo federal a adotar “medidas de combate à fome” no país. Entre as reivindicações, estão a retomada do auxílio emergencial no valor de R$ 600 e a das atividades do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).

A ação, assinada pelo presidente OAB, Felipe Santa Cruz, foi apresentada a partir de um pedido da organização não governamental (ONG) Ação da Cidadania, fundada pelo sociólogo Herbert de Souza.

Medidas “contra a fome”

-Publicidade-

Segundo a ação, a insegurança alimentar atinge 19,1 milhões de brasileiros, cerca de 10% da população. Por isso, o governo federal deveria agir.

“O que as pesquisas revelam é uma tendência crescente do problema desde 2014, e que vem se acentuando nos dois últimos anos, em virtude do desmonte das políticas públicas de combate à fome e distribuição de renda no Brasil”, diz o documento.

Além da retomada do auxílio e das atividades do Consea, a ação da OAB propõe a revogação do teto constitucional de gastos, a garantia de acesso da população ao gás de cozinha “por meio de uma política adequada de preços” e a abertura de crédito adicional no Orçamento de 2021 para a realização do Censo.

Leia também: “Bolsonaro critica demissão de Alexandre Garcia: ‘Estarrecedor’”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Muito simples; se acabar de vez com a combrança absurda para que o formando tenha o direito de fazer suas provas, dá pra pagar em dobro o benefício proposto pela OAB, que não está nem um pouco preocupada com fome; o Felipe quer é que a economia se F…… Desde quando fome, miséria, pobreza e programas sociais são assuntos de OAB?

  2. Calsidico de lixo, medio, podre, bocal e embuste! “OAB pede que STF obrigue Bolsonaro a ‘adotar medidas de combate à fome’.” Sera que a frase: “fique em casa e a economia vem depois” foi dita pelo Presidente?

    1. É para aparecer! O Felipe, se candidate a um cargo de vc quer governar e ponto, seria muito bom ver a popularidade vergonhosa, até a classe tem vergonha de você!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.