-Publicidade-

OEA não reconhece eleições na Venezuela

Antes, a União Europeia já havia rechaçado o resultado do pleito, assim como outros 50 países

Antes, a União Europeia já havia rechaçado o resultado do pleito, assim como outros 50 países

Nicolás Maduro disse que sairia do poder caso oposição vencesse eleições parlamentares | Foto: Flickr

A Organização dos Estados Americanos (OEA) aprovou uma resolução nesta quarta-feira, 9, na qual não reconhece o resultado das eleições parlamentares na Venezuela e acusa Nicolás Maduro de estar consolidando uma ditadura no país por meio de seu “regime ilegítimo”.

O texto determina que a organização deve “rechaçar as eleições fraudulentas realizadas pela Venezuela em 6 de dezembro de 2020 e não reconhecer os resultados, por não terem sido livres nem feitas em conformidade com as condições estabelecidas no direito internacional”.

O projeto de resolução obteve 21 votos a favor, três a mais do que os necessários para ser aprovado. Bolívia e México votaram contra, e houve cinco abstenções e seis países ausentes.

Leia também: “Maduro culpa ‘sanções criminais’ por covid-19 na Venezuela”

Antes da OEA, a União Europeia já havia rechaçado o resultado do pleito, assim como outros 50 países. Do outro lado, Cuba e Rússia parabenizaram o chavismo pela vitória nas eleições.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. E a OEA tem moral para alguma coisa? Vá dá pitaco naquela casa de mãe joana da América do Norte, desgovernada pelo psicopata mor, mentor do psicopata tupiniquim!

    1. Infiltrado, psicopata tupiniquim que todos conhecem foi condenado e está se preparando para uma visita ao comunismo cubano, antes de ser recolhido a uma penitenciária! Muda de vida que é melhor, cramulhão!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.