Pacheco dá encaminhamento à indicação de Mendonça para o STF

Próximos passos, como marcar a sabatina, ficam a cargo do presidente da CCJ, Davi Alcolumbre
-Publicidade-
Advogado-geral da União, André Mendonça, e segurança | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Advogado-geral da União, André Mendonça, e segurança | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), encaminhou à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a indicação de André Mendonça para ocupar a vaga do ex-ministro Marco Aurélio Mello no Supremo Tribunal Federal. O ato formal ocorreu na quarta-feira 18.

Os próximos passos, como marcar a sabatina, ficam a cargo do presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que teria resistências ao nome do advogado-geral da União para o cargo. Alcolumbre não tem prazo para dar andamento à indicação.

Leia mais: “STF: candidatura de político em exercício precisa de aval do partido para reeleição”

-Publicidade-

Em nota, a Secretaria-Geral da Mesa do Senado Federal esclarece que, se Mendonça for aprovado após sabatina na comissão, seu nome seguirá ao plenário do Senado onde, para ser aprovado, necessitará de maioria absoluta, 41 votos.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. Acho que estão se entendendo, apesar das narrativas catastróficas. Os golpistas hoje são os caras da centro esquerda, leia-se PSDB, fhc, Doria e parte do mdb, porque estão destinados a desaparecer do cenário político. O PT, se não embarcar em nenhuma aventura política, ainda vai ter uns 30% do eleitorado por muito tempo, o que o qualifica a sentar na mesa para negociar. E aguentar JB até 2030. Depois podem voltar para fazer cagadas. É sempre assim.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro