-Publicidade-

Pacote econômico será debatido com líderes do Congresso

Presidente pretende reunir ideias dos líderes antes de divulgar o pacote liderado pelo ministro Paulo Guedes
Governo discute valor do auxílio com a equipe econômica | Foto: Isac Nóbrega/PR
Governo discute valor do auxílio com a equipe econômica | Foto: Isac Nóbrega/PR | Valor

Presidente pretende reunir ideias dos líderes antes de divulgar o pacote liderado pelo ministro Paulo Guedes

pacote líderes
Programa é liderado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro pretende discutir com líderes do Congresso o chamado pacote de medidas econômicas antes de lançar oficialmente as propostas. O projeto comandado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, seria lançado nesta terça-feira, 25, contudo foi adiado pelo Palácio do Planalto.

Conforme apurou Oeste, a ideia é discutir com os parlamentares as propostas para que eles não enfrentem resistências no Congresso. “O presidente vai adotar isso agora. Antes de enviar os projetos vão debater para que os líderes opinem também”, comentou o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO).

A reunião com os líderes deve ocorrer até quarta-feira, 26. “Essa sinalização do governo para com o Congresso é importante. Mostra que o governo que construir um entendimento sobre a matéria”, comentou um líder ouvido por Oeste.

O lançamento do pacote de medidas econômicas vem sendo chamado pelo ministro Paulo Guedes “Big bang day”. Entre as medidas, o projeto vai trazer o Renda Brasil, programa que irá repaginar o Bolsa Família. Além disso, o Pró-Brasil prevê a injeção de R$ 5 bilhões para financiar obras públicas. Para ser liberado, o montante depende do aval do Congresso.

 

 

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Paulo Guedes já havia anunciado este conjunto de medidas. Será o desespero absoluto da esquerda, que não tem nada para mostrar além de falência e roubalheira sem limites. O congresso será pressionado no momento da campanha eleitoral nas cidades. O Brasil estará ansioso por mais liberalismo econômico, única forma real para criar riqueza e gerar prosperidade. PARABÉNS BOLSONARO E PAULO GUEDES. Além de um país melhor, todas as medidas devem ser tomadas para destruir a esquerda. Nosso futuro depende disso.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês