-Publicidade-

PTB vai punir deputados que votaram contra Daniel Silveira

Liderança da bancada havia orientado voto favorável ao parlamentar do PSL
Roberto Jefferson é o presidente nacional do PTB
Roberto Jefferson é o presidente nacional do PTB | Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Os dois deputados federais do PTB que votaram pela manutenção da prisão de Daniel Silveira (PSL) serão punidos. Dos 11 integrantes da sigla na Casa legislativa, apenas Pedro Bezerra (CE) e Pedro Lucas Fernandes (MA) foram favoráveis ao encarceramento do pesselista na votação realizada na noite da última sexta-feira, 19.

Leia mais: “Caso Daniel Silveira: 5 perguntas para o jurista Ives Gandra Martins”

Mais do que irem contra a orientação da liderança da bancada, que havia indicado voto em favor do congressista fluminense detido por causa da divulgação de um vídeo com críticas a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a dupla petebista irritou o presidente nacional da legenda, o ex-deputado Roberto Jefferson. Pelo Twitter, ele anunciou qual será a punição pelo ato.

Comando de diretórios

“Os deputados Pedro Lucas e Pedro Bezerra perderão na segunda-feira próxima à presidência do partido no Maranhão e no Ceará, respectivamente”, afirmou Jefferson. Ele ainda não afirmou o que pensa em fazer com os dois diretórios estaduais. No entanto, lamentou a decisão final da Câmara, que por maioria absoluta acatou a ordem do STF e manteve um parlamentar detido.

“Ditadura de toga”

“Confirmamos que todos os poderes da República foram usurpados pela ditadura de toga, regime cruel que persegue trabalhadores e venera a escória da sociedade”, afirmou Roberto Jefferson. “Portanto, convocamos os cristãos conservadores a se manterem em vigília permanente. É a luta do Bem contra o mal”, complementou o presidente nacional do PTB.

Leia também: “O STF pode tudo?”, matéria de capa da edição 48 da Revista Oeste.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês