PF identifica homem que destruiu relógio histórico no Planalto

Cláudio Emanoel da Silva Gomes é da cidade de Catalão, no interior de Goiás
-Publicidade-
Cláudio Emanoel da Silva Gomes é um dos responsáveis pelo vandalismo em Brasília | Foto: Reprodução/Redes sociais
Cláudio Emanoel da Silva Gomes é um dos responsáveis pelo vandalismo em Brasília | Foto: Reprodução/Redes sociais

A Polícia Federal (PF) identificou o homem suspeito de quebrar o relógio Balthazar Martinot, no Palácio do Planalto, durante os atos de vandalismo registrado em 8 de janeiro. Trata-se de Cláudio Emanoel da Silva Gomes, morador da cidade de Catalão, no interior de Goiás. Ele ainda não foi detido.

O relógio, feito pelo relojoeiro francês Balthazar Martinot, é considerado raro. Ele foi trazido ao Brasil em 1808, por Dom João VI. Existem apenas dois relógios de Martinot, incluindo o que estava no Planalto. O outro está exposto no Palácio de Versalhes, na França.

-Publicidade-

Nas imagens, é possível ver Silva Gomes arremessando o relógio no chão. Com o impacto, os ponteiros sumiram. Uma estátua de Netuno, que era fixada no objeto, também foi deslocada. Logo depois de destruir o relógio, o suspeito tenta desligar os disjuntores do andar. Ainda pega um extintor de incêndio e tenta quebrar as câmeras internas do Planalto.

Antes e depois | Foto: Reprodução

A restauração do relógio requer o trabalho de especialistas. Segundo o curador dos acervos do Palácio do Planalto e do Palácio da Alvorada, Rogério Carvalho, a caixa do objeto é composta de casco de tartaruga e bronze. A Curadoria dos Palácios Presidenciais acionou técnicos de uma relojoaria da Suíça para reparar os danos.

“Tudo pode ser recuperado, mas não necessariamente de forma integral”, explicou o curador. “Estamos acertando quem vai executar o restauro. Já recebemos algumas ofertas de cooperação técnica, e só saberemos quanto dele poderá ser restaurado quando finalizarmos estas conversas.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

82 comentários Ver comentários

  1. Estranho, o nome dele agora mudou para Antonio Claudio Ferreira e a foto não bate de jeito nenhum. Devem ter colocado a foto errada.

  2. Estou muito intrigada e não vi ninguém comentar sobre esse aspecto!! : “Onde estavam os outros manifestantes durante o quebra-quebra desse indivíduo? Ou isso é prova de que ele chegou BEM ANTES para INICIAR a destruição?

  3. O que está faltando para prender, ou o Ilmo Sr.Ministro ( aquele que prende a todos os Conservadores Patriotas), irá conceder uma medalha de mérito.
    Sem falar nas falácias de Flávio Dino e nas falcatruas da ministra do Turismo que continuam impunes, tão qual a Fake News de Marina da Silva.
    É, O LADRÃO MANDA MUITO, MANDA PRINCIPALMENTE NO STF

  4. Mimizentos, prestem assunto: O cara do relógio é o Claudinho. Antônio Cláudio Alves Ferreira, mora nos Goiás (Catalão) e antes de sumir no mundo trabalhava como mecânico. Lá ele já foi reconhecido pelo cara da oficina, vizinhos, a mulher locava a casa pra ele e pela irmã. Geral conta que ele vem a tempos nessa onda de soldado de Bolsonaro, fiel ao hino da bandeira diariamente em alto e bom som. Vocês estão preocupados com ele, dizendo que não é do movimento e outros mimimi. Aceitem: ele errou feio, pegou mal pra todos mas ele tá lascado.

  5. O relógio é impossível de ser consertado porque, notem a descrição, ele é feito com “casca de tartaruga”. Vai daí, aquele arbusto ressecado que emite voz sobre dois galhos secos, chamada de ministra do meio ambiente, não vai autorizar a Suíça, que tem expertise em recuperar peças históricas, usar casca de tartaruga. Se o arbusto ressecado não autorizava correção de trajetória de rodovias se fosse assustar os mico-leões da área, imagine uma tartaruga.

  6. O título é sobre o homem e a matéria é sobre o relógio. Quem sabe a Revista Oeste consegue uma outra reportagem sobre mais informações sobre o criminoso em si?!

  7. Noticiazinha mequetrefe, eh? Só faltou recorrer ao padrão de qualidade de uma certa TV: “segundo essa mesma fonte, que não quis identificar-se…” E está dado o recado! Pois que notícia mesmo não é esse lero-lero aí!

  8. Alguém aí acha que esse vagabundo estará vivo para entregar quem o mandou fazer o que fez? Estará vivo para depor em alguma provável CPI e entregar a turma toda? Se está desaparecido, já podem procurar o corpo.

  9. A Grande Cilada armada pela própria militância petista para levar os incautos, a subir aquela rampa, infeliz atitude, mas vamos andar, abram os olhosdpara está tal “Guarda Nacional” aí sim o Brasil será uma casa de manés.

  10. O que nos causa espanto e perplexidade, é que a policia federal, em quase 4 anos e meio, ainda não conseguiu descobrir quem bancou o assassino que atentou contra a vida de Jair Bolsonaro em 09/2018, quem bancou a equipe de advogados que chegaram para defender o assassino com uma rapidez impressionante e quem o ajudou na preparação e execução do atentado. Agora, em questão de horas, acharam 1.400 pessoas e os acusaram de terrorismo, prenderam e colocaram em um campo de concentração. Quanta eficiência e eficácia. Esse animal, que depredou esse relógio, foi identificado muito mais rapidamente pela população do que pela polícia federal, que demorou mais de uma semana para descobrir quem era, quando o mesmo, nas imagens, fazia questão de mostrar seu rosto e a camiseta que estava vestindo. Estranho, não?

  11. Reportagem meia boca, só falou do relógio, nos queremos saber é sobre o vagabundo que fez a destruição, estampem a cabrita desse esquerdista do inferno. Quanta gente boa está sendo castigado devido esse tipo de verme.

    1. A Oeste não tem repórteres. Tem só analistas políticos. As reportagens são superficiais e os comentaristas pautam a própria análise. É só para manter a revista no ar que eu contribuo. Com a Gazeta do Povo é o mesmo. Não tem nada investigativo como Veja, 247, antiga Exame etc.

      1. Aparentemente a revista Oeste está divulgando um nome que pode ser equivocado. Existem diversas reportagens com outro nome do suspeito, testemunhas e até familiares reconhecendo o vândalo.
        Reportagem esteve no local onde o suspeito morava antes de sumir do mapa e entrevistou quatro pessoas que, ao assistir às cenas explícitas de vandalismo, afirmaram se tratar do mecânico Antônio Cláudio Alves Ferreira, de 30 anos (e não Cláudio Emanuel da Silva Gomes, como a Revista Oeste relata).

        Uma das testemunhas é a própria irmã de Ferreira, que diz está muito “triste” ao reconhecer o irmão nas imagens.

        https://oglobo.globo.com/politica/noticia/2023/01/testemunhas-reconhecem-homem-flagrado-destruindo-relogio-de-dom-joao-vi-no-planalto.ghtml

      2. Desculpe só citou revistas falidas e blog de esquerda vá para a folha e Globo lixo coloque seus comentário lá vai ter apoiadores

  12. Essa imagem dessa pessoa é o mesma nos vídeos das redes sociais , olhando o cara percebe se que jamais seria um bolsonarista , simplesmente um mst, infiltrado, quebrando tudo para culpar os patriotas. Porque a PF ,não leva a investigação para essa linha

  13. Esse que quebrou o relógio que não funciona, e o mesmo que durante a invasão, se confundiu e se apresentou com a bandeira vermelha do PT nas costas. Ele nunca será encontrado para depor.

  14. Continuam com o mesmo preconceito tosco, ser direita não significa ser bolsominion retardado! Esquerdista? Desus me livre, o Bolsonaro é péssimo, mas o molusco em três semanas deu mostras das merdas que vai propagar na área econômica, cada vez que abre a boca é uma cagada diferente!

  15. Acredito que o redator da matéria tenha se equivocado, pois quem invade um prédio federal e destroi um relógio cuja único outro exemplar encontra-se no Palácio de Versailles não pode ser chamado meramente de vândalo, mas sim de terrorista. E como tal deve ser preso, interrogado para saber quem o financiou para estar ali profanando símbolos da República que serão pagos com nosso dinheiro.

  16. como bem não se cansa de dizer o Augusto Nunes, quando a vermelhada não quer alguma coisa, é porque a coisa é do interesse público – quando eles não querem, é só do interesse deles.

  17. Nossa! Ontem eu recebi uma notícia no meu celular dizendo que esse vídeo era fake, e que foi produzido e montado na China. Impressionante do que esses anti horários são capazes!!

  18. Espero que ele pague, não só com prisão, mas com dinheiro, pq esta conta não tem que tirar doa cofres públicos, olha que estão fazendo cotações e nós brasileiros devíamos ter a ciência de quanto será e como foi está restauração.

  19. Dá vergonha desses doentes! O indivíduo não é o mesmo do MST! Vcs que se dizem bolsonaristas não podem ser considerados de direita, são tão fanáticos como os ptralhas! A senhora de Tubarão, condenada por tráfico de drogas é infiltrada também? Bando de alienados, Bolsonaro e o molusco realmente dominam a mente desse povo lunático!

    1. Ariel, você por acaso é o correspondente da Globo, um homônimo, ou está apenas fazendo graça?

      Óbvio que entre milhares de pessoas que se dispõem a invadir um prédio público, há alguns que estão mais furiosos que alegres. A questão é: quem acendeu o estopim?

      Sobre os “ficha-suja” que o G1 divulgou para tentar colar um estereótipo nos manifestantes, tenho seus nomes anotados e vou acompanhar seus destinos nesse caso. Esse jogo é sujo. Há barganhas cabulosas por trás de toda essa insanidade. Nem tudo será investigado, nem todos serão punidos e só chegará ao público a narrativa que o governo encaminhar para o “Consórcio”.

      1. Com certeza nem tudo será investigado, na verdade a maioria dos bobos que promoveram a baderna vão se lascar! Quem financiou e incitou vai sair de boa, independente de ser de direita, ou canhoto!

    2. “Contra a burrice e a estupidez até os deuses lutam em vão”.

      Frederich Schiller, 1759 – 1805, poeta, filósofo, médico e historiador alemão.

  20. Nos vídeos publicados mostrando o vandalismo em andamento, esse personagem é um dos que mais se destacaram. Objetivo, criterioso, metódico, enérgico, e… isolado dos outros invasores, o que é bem estranho, para uma ação coletiva de milhares de pessoas. Li em algum lugar, que há registro em vídeo de vândalos atuando no palácio do planalto antes mesmo da invasão pelos manifestantes. Seria um deles? Ele parece muito “profissional”. O que me lembra de Adélio Bispo que, segundo médicos que analisaram a agressão, atacou Bolsonaro com a objetividade de um assassino profissional, tentando atingir o fígado, e que a facada só não foi pior porque um agente de segurança atuou em tempo de desviar a faca do ponto mais letal.

    Mais um fato curioso. Pouco mais de duas mil pessoas, ao todo, foram detidas naquele dia. Mais de mil foram para um campo de concentração. Esse aí tinha “salvo-conduto”?

  21. SIMMMM… ENCONTRARAM O MARGINAL, QUERO VER SE IRÃO PRENDE LO E INTERROGA LO, PELO VÍDEO DELE NAS REDES COM A CAMBADA DO MST CURTINDO UMA COMIDA EMBOLADA E MOSTRANDO QUE FOI CONTRATADO PARA CUMPRIR O QUE FOI MANDADO… NO VÍDEO DO ENTÃO COMEDOURO ELE ESTAVA COM A CAMISA DO MST E A QUE ESTA NO VIDEO DO BOLSONARO NO OMBRO … CAMBADA DE USUÁRIOS DE DROGAS.

    1. Quero ver se a PF e a imprensa canhota vão ter coragem de dizer que esse verme e apoiado pelos partidos de esquerda e quem pagou para ele destruir o patrimonio

  22. Maravilha!!
    Agora a PF tem que conseguir do infiltrado a confissão de quem mandou fazer a destruição!!
    Com certeza não foram Bolsonaristas patriotas!!

  23. Com certeza esse canalha é dos movimentos ativistas da esquerda.
    Pelo visto, estão mais preocupados com a restauração do objeto do que com a procura e apreensão do criminoso. Porque será?
    Nem preciso responder 😉

    1. Perfeita sua colocação: consertar o relógio é importante, mas identificar quem mandou fazer a destruição não interessa nada!! Foi tudo armado!!!

  24. Descobriram agora depois que já corre solto no whatsapp, fala sério?
    Vamos ajudar mais eles fazer um bom trabalho!
    Agora PF faz o seguinte, faça uma varredura em todas as câmeras em volta que vai achar ele e com quem esteve, facilmente vão achar todos que horas chegaram, de onde vieram,
    Como a chance de ele já ter sido morto, as imagens ao redor não, outra coisa ele pode ter colocado a camisa depois, pode ter entrado por trás, mais cedo, facilmente vão resolver,
    Ou a maravilhosa PF, vai ficar esperando as tias do ZAP resolver o crime?

  25. Bom o primeiro comentário é que esse governo de bandidos com certeza irá superfaturar a reconstrução do relógio.
    Com relação a identificação do idiota que fez a merda, tem que identificar e prender, assim como é feito nas torcidas nos estádios, o torcedor fez merda é identificado e preso, nunca prendem a torcida toda, o que fez o ditador careca foi prender a torcida inteira pelo gesto de alguns vândalos.

  26. Este imbecil claramente nada tem a ver com o movimento pacífico que permaneceu 2 meses sem um ato de baderna, vandalismo e barbarie! Isso é pratica do manual do terrorista urbano do Marighela! Mais imbecil ainda, é quem acredita que esse maluco não seja um comunistinha de merda!

  27. Desde quando que um manifestante pacífico da frente dos quartéis faria uma barbárie dessas?
    CPI neles para mostrar a verdadeira face dos infiltrados nas manifestações.
    Até que provem o contrário, foi a esquerda infiltrada que depredou os três poderes.
    O GSI alertou com antecedência e ninguém do “governo” fez coisa alguma para impedir a invasão. Aliás, até a entrada dos infiltrados foi facilitada.

    Se a esquerda não quer é porque aí tem coisa, claro. CPI urgente!

  28. O Gabinete de Segurança Institucional (GSI), comandado pelo general Marco Edson Gonçalves Dias, sabia do risco dos atos de vandalismo praticados em 8 de janeiro na Praça dos Três Poderes, em Brasília. O general Dias já chefiou anteriormente o esquema de segurança pessoal do presidente Lula. A informação é da revista Veja, que teve acesso a um conjunto de mensagens que revelariam ter ocorrido “no mínimo negligência, imprudência e omissão de autoridades lotadas no próprio Palácio do Planalto, particularmente no GSI”.

    As mensagens foram trocadas em um grupo de WhatsApp utilizado pelo GSI e pelo Comando Militar do Planalto (CMP) para combinar procedimentos operacionais. Em 6 de janeiro, aconteceu uma reunião de representantes de segurança do Distrito Federal (DF), do governo Federal, do Congresso e do Supremo Tribunal Federal. O encontro serviu para montar um plano de segurança para o protesto que estava sendo convocado para o fim de semana.

    A decisão unânime foi contra a autorização de manifestantes na Esplanada dos Ministérios. Para o GSI, no entanto, a situação poderia ser tratada como “normalidade”. A segurança foi deixada para apenas 15 homens. https://revistaoeste.com/politica/general-dispensou-pelotao-de-choque-no-dia-8-de-janeiro-diz-veja/

  29. O Sr Lúcio esse indivíduo tem que ser preso porque pagar pelos danos ele não cai pagar porque é um bandido safado e não tem dinheiro, agora vc se manifestar emvre

  30. Esse aí vai “desaparecer”.😳 Vai ser “sumido”. 😅Nunca mais saberemos o paradeiro dele. 😅😅 A conta bancária na qual ele recebeu o PIX pelo $$$ serviço também será deletada misteriosamente !!
    Alguém duvida? Acho que o [email protected] JAMAIS vai expedir uma ordem de Prisão contra ele 🤔🤔
    “Não foi detido ainda…” Nunca será! 🤣🤣🤣

  31. O mais importante a reportagem não aborda, qual a verdadeira face política do vândalo e seus antecedentes. Precisamos separar o joio do trigo, urgente!

  32. “Identificado por um vizinho, e denunciado no G24h, Claudio Emanoel da Silva Gomes é o homem procurado pela polícia, suspeito pela destruição do relógio que Dom João VI trouxe ao Brasil em 1808, durante os atos terroristas do dia 8 de janeiro nos três poderes em Brasília.

    Segundo a fonte, o bolsonarista foi seu vizinho na Vila Cruzeiro, tem passagem na polícia por roubo, e é considerado ‘bandido perigoso’ na cidade.

    O informante disse ainda que Claudinho estaria escondido em uma fazenda no distrito de Santo Antônio do Rio Verde e que recebia R$ 150 reais por dia para comandar o QG bolsonarista no município.

    Em um vídeo postado pelo 24h após as eleições, o bolsonarista aparece em um bloqueio na rodovia, de joelhos, debaixo de chuva, no meio do asfalto, tentando impedir o trânsito de caminhões.”

    Típico bolsominion. Gente de bem com ficha criminal…

    1. Esta estorinha vc deve contar para fazer alguém dormir. Criativo como vc é pode trabalhar na turma da Monica.
      Aparece cada idiot por aqui…..

  33. Não foi chamado de terrorista, no minimo tem ligação com a esquerda. Iqual o la de Varginha, chegara procurando por ele e pervunta quem era, foram informado e mostraram foto que no palanque do pt.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.