-Publicidade-

Prefeitos explicam como é administrar antigos redutos do PT

Paulo Serra e Orlando Morando foram reeleitos em Santo André e São Bernardo do Campo

Paulo Serra e Orlando Morando foram reeleitos em Santo André e São Bernardo do Campo

maurici - pt - cargos - prefeitos reeleitos em antigos redutos petistas
Foto: Divulgação

As duas maiores cidades em população da região conhecida por ABC Paulista, São Bernardo do Campo e Santo André impediram o retorno do PT ao poder. Em ambos os municípios, dois tucanos foram reeleitos nas eleições 2020. Nos dois casos, tiveram a missão de assumir uma administração então controlada por político do Partido dos Trabalhadores.

Leia mais: “Grande SP comprova o ‘nanismo’ eleitoral do PT”

Sobre o desafio de gerenciar São Bernardo do Campo após oito anos de governo petista, Orlando Morando (PSDB) garante ter tido muito trabalho logo no começo. Os primeiros dias de sua gestão foram dedicados a cortar gastos considerados desnecessários para a máquina pública — que havia ficado por dois mandatos com Luiz Marinho (PT) como prefeito e o cantor Frank Aguiar (PTB) como vice.

“Peguei a cidade destruída. Até conta de luz atrasada nós encontramos”, afirma Morando em vídeo enviado a Oeste. “Em 100 dias, cortamos R$ 100 milhões em desperdício”, prossegue o prefeito reeleito, reforçando que no pleito deste ano concorreu diretamente contra o próprio Luiz Marinho. O tucano venceu a disputa em primeiro turno, com 67% dos votos válidos.

Santo André

Na eleição municipal de 2016, Paulo Serra venceu a prefeitura em Santo André e se tornou o primeiro integrante do PSDB a conduzir a cidade. Assim como Morando, ele foi o sucessor de um petista. Antes, o município tivera como prefeito Carlos Grana (PT), que tentou sem sucesso a reeleição. Diferentemente do que ocorreu com o tucano, reeleito em primeiro turno com mais de 76% dos votos válidos.

Ciente de que governará a cidade do ABC Paulista por mais quatro anos, Serra relembra como foi chegar ao Poder Executivo após uma gestão petista. “De 2016 para a frente, houve decadência do PT aqui na região”, afirma, também em vídeo enviado a Oeste. “A cidade chegou a ser administrada durante 20 anos pelo PT”, afirma. Para ele, o local é reflexo da “crise nacional” do Partido dos Trabalhadores.

Leia também: “Trio do PSDB é reeleito no ABC Paulista”

E mais: “PT sofre o maior revés da história e perde o protagonismo na esquerda”, análise do editor-executivo Silvio Navarro publicada no site da Revista Oeste.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês