Previdência: Brasil perdeu 2,6 milhões de contribuintes

Resultado do trimestre é reflexo da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus
-Publicidade-
Foto: Fachada de unidade da Previdência Social | Foto: Agência Brasil
Foto: Fachada de unidade da Previdência Social | Foto: Agência Brasil

Resultado do trimestre é reflexo da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus

Foto: Fachada de unidade da Previdência Social | Foto: Agência Brasil

O IBGE revelou nesta terça-feira, 30, que a pandemia do novo coronavírus também prejudicou a contribuição para a Previdência Social.

-Publicidade-

Em apenas um trimestre, 2,6 milhões de trabalhadores deixaram de contribuir para a previdência, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

LEIA MAIS: Desemprego chega a 12,9% no trimestre encerrado em maio, diz IBGE

Na passagem do trimestre encerrado em fevereiro para o trimestre terminado em maio, foram perdidas 2,5 milhões de vagas com carteira assinada no setor privado.

Em um ano, 2 milhões de postos de trabalho formais foram extintos.

LEIA TAMBÉM: POR ONDE VIRÁ A RETOMADA

O total de vagas com carteira assinada no setor privado recuou para 31,1 milhões no trimestre terminado em maio, o menor patamar da série histórica iniciada em 2012.

Com informações do Estadão Conteúdo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.