PT quer proibir o tratamento precoce em cidade mineira

Prefeitura de Itajubá recomendou medicamentos utilizados na terapêutica preventiva contra a covid-19
-Publicidade-
Tudo começou depois de a administração municipal garantir que os remédios estão disponíveis nos postos de saúde da cidade
Tudo começou depois de a administração municipal garantir que os remédios estão disponíveis nos postos de saúde da cidade | Foto: Reprodução/YouTube

Petistas acionaram o Ministério Público de Minas Gerais para impedir o tratamento precoce em Itajubá, no Sul do Estado. Trata-se de uma reação à prefeitura do município, que passou a recomendar os medicamentos Ivermectina, Zinco e vitamina D no enfrentamento à covid-19. Os deputados Beatriz Cerqueira e Rogério Correia mais a vereadora Andressa Arantes querem barrar a terapêutica sob a justificativa de que não “há comprovação científica”.

“Cidade mineira não tem um único doente internado por covid-19”

-Publicidade-

Tudo começou depois de a administração municipal garantir que os remédios estão disponíveis nos postos de saúde da cidade. A população pode obtê-los desde a segunda-feira 15. Reportagens publicadas na Revista Oeste mostram depoimentos de pessoas com covid-19. Ao utilizarem as drogas, apresentaram melhora do quadro clínico. Além disso, cidades que optaram pelo método viram reduzir o número de internações, como Porto Feliz, no interior de São Paulo.

Leia também: “A solução que venceu a ideologia”, reportagem publicada na Edição 3 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.