-Publicidade-

Filiado ao PSD, empresário denunciado por estupro se afasta da política

Saul Klein chegou a ser candidato a vice-prefeito em SP
O empresário Saul Klein, candidato a vice-prefeito de São Caetano do Sul pelo PSD em 2020 | Foto: Divulgação/Prefeitura de Araraquara (SP)
O empresário Saul Klein, candidato a vice-prefeito de São Caetano do Sul pelo PSD em 2020 | Foto: Divulgação/Prefeitura de Araraquara (SP) | saul klein - psd - são caetano do sul

Saul Klein chegou a ser candidato a vice-prefeito em SP

saul klein - psd - são caetano do sul
O empresário Saul Klein, candidato a vice-prefeito de São Caetano do Sul pelo PSD em 2020 | Foto: Divulgação/Prefeitura de Araraquara (SP)

O empresário Saul Klein vai se afastar da política partidária. Filiado ao PSD, ele enfrenta denúncia do Ministério Público. De acordo com o órgão, 14 mulheres o acusam por estupro e aliciamento. Em novembro, Klein foi candidato a vice-prefeito de São Caetano do Sul, município do Grande ABC Paulista.

Leia mais: “Partido afasta deputado denunciado por assédio sexual”

O afastamento do empresário, que é filho do fundador da rede Casas Bahia, foi divulgado nesta semana por seu principal aliado político: Fabio Palacio. Presidente do diretório do Partido Social Democrático em São Caetano do Sul, Palacio foi o candidato a prefeito na coligação que contou com Klein como vice. A chapa terminou o pleito na segunda colocação.

“Ele está livre para seguir em sua defesa”

“Saul afastou-se de todas as suas atividades esportivas, políticas e administrativa”, afirmou Palacio, por meio de postagem divulgada em sua página no Facebook. “Dessa forma, ele está livre para seguir em sua defesa [das acusações criminais]“, continuou o integrante do PSD, partido presidido nacionalmente pelo ex-ministro Gilberto Kassab.

Vítima?

A postagem de Fabio Palacio representa mudança de postura. Em live realizada anteriormente, ele chegou a se referir a Saul Klein como vítima da situação. Na ocasião, afirmou que o aliado político já havia sido “vítima de extorsão no passado, em relação ao mesmo assunto”, mas que o caso acabou arquivado pelo Poder Judiciário. Até o momento, o diretório nacional do PSD não se manifestou a respeito das denúncias contra o empresário filiado à legenda.

Sugar daddy

Diante das denúncias por estupro e aliciamento, a defesa de Saul Klein garante a inocência do cliente. Segundo o advogado André Boiani e Azevedo, o empresário é um sugar daddy, definição em inglês que, em bom português, representa homens ricos que se dispõem a bancar mulheres em troca de sexo — que, de acordo com o advogado, ocorria sempre de forma consensual.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês