Sergio Reis promete parar o país por voto impresso e destituição dos ministros do STF

O grupo pretende entregar uma 'intimação' ao presidente da Casa, Rodrigo Pacheco em 8 de setembro
-Publicidade-
Sérgio Reis foi deputado federal entre 2015 e 2019 | Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Sérgio Reis foi deputado federal entre 2015 e 2019 | Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Em um áudio que circula nas redes sociais, o cantor sertanejo Sérgio Reis, ex-deputado federal, diz que irá ao Senado no dia 8 de setembro entregar uma “intimação” ao presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, avisando-o que ele terá “72 horas para aprovar o voto impresso e para tirar todos os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF)”. “Não é um pedido é uma ordem”, afirma Reis.

Leia mais: “Bolsonaro, sobre voto verificável: ‘Vou continuar minha luta’”

Conforme Oeste noticiou neste sábado, o cantor participou de uma reunião com lideranças do agronegócio e dos caminhoneiros em que combina os atos do próximo mês. Se Pacheco não cumprir a ordem dentro do prazo, o grupo promete “parar o país”. “Os plantadores de soja vão pôr as colheitadeiras nas estradas, ninguém pode andar, nem carro particular, nem ônibus. Todos estão sendo avisados”, diz. Ônibus que vier com passageiro vai ter que voltar para trás. Só vai ter ambulância, polícia, bombeiro, uma emergência”.

-Publicidade-

Enquanto o Senado não atender a “ordem”, o grupo seguirá em Brasília. “Uma semana, dez dia, um mês”. E se dentro de 30 dias nada for feito, Sérgio diz que eles mesmos tirarão os ministros de dentro do STF.

Íntegra da mensagem:

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

22 comentários

  1. Olha, é bom que esse movimento – que é justo e faz parte da democracia – junte milhões em apoio, senão o Xandão vai mandar prender Sérgio Reis… Por atos e palavras contra a democracia. E quem disse que o STF se confunde com a democracia? Xandão disse. Ele interpreta, ele acusa, ele investiga e ele julga.

    1. Eu, particularmente, acho que o Sergio Reis não está com essa bola toda, acho que é um zero à esquerda. Por outro lado, se desrespeitar, ofender as as autoridades, fazer denúncias sem provas for democracia então, está tudo mudado. O que é anarquia, ENTÃO?

  2. O tom foi muito bom.
    Duvido que a arrogância e o comprometimento do Pres. do Senado reagirão conforme a proposta.
    Tem que ir pro pau com o supremo, que quebrou a harmonia entre os poderes.

  3. Esse Careca supremo perdeu a noção e os limites.
    O Dr Ives Gandra fez ponderações claras em oposição aos desmandos do aluno Xandão. E os demais soberbos supremos também fazem corporativismo e jogo sujo pra minar o presidente eleito, fora toda cambada!

  4. Quando setembro vier, parece até nome de filme antigo, deverá ser tarde demais. O Lex Luther está indócil e acabei de ouvir uma notícia que o Sérgio Reis deverá ser preso nas próximas horas a mando de quem? É preciso dizer? Pois é. Dizem que é por causar perturbações à “democracia do STF”. Vai vendo…

  5. O país só precisa de um líder para mobilizar uma revolução contra o “Stablishment”. Alguém com credibilidade. Bolsonaro não pode fazer o que quer. Ele pisa em ovos para se manter. A Nação está indignada e revoltada, com a mão no queixo.
    A hora que aparecer o cara certo para acender o estopim, se prepara que o barril de pólvora tá cheio. Sérgio Reis tem moral pra isso. Credibilidade também…

  6. Silêncio e ação rápida e contundente é melhor arma. Efeito surpresa, isso é o que deveria ser feito e não do jeito q estão fazendo, pois estratégia de resposta ao movimento já deve estar a pleno vapor e líderes poderão ser presos antes da data programada.

  7. Não sei qual é a real capacidade de mobilização do Sergio Reis, mas, pela causa, tem meu apoio. O Brasil está sem saída. Em momentos assim, sempre emergem líderes que representam, de fato, a vontade do povo (ou da maior parte dele). O Congresso, pelo que se vê, deixou de representar essa vontade. Teoricamente, sua razão de existir. O STF está contra ela já há bom tempo. Representa apenas a vontade dos donos do poder. Bolsonaro “se prendeu” entre quatro linhas imaginárias para não ser “preso” entre quatro paredes reais, enquanto o restante do país vai perdendo a liberdade e a tirania vai consolidando posições. Estamos chegando à perigosa situação em que “quem prometer e puder cumprir, vai arrastar”. Eu gosto de lembrar da passagem do “Nó Górdio” na história de “Alexandre, o Grande” (o rei macedônio). Quem não conhece, recomendo pesquisar. É uma lição histórica. Outra lição parecida é a da “Queda de Bizâncio”. Resumindo, quem decide o destino da humanidade são os homens que agem, e não os que pensam. O próprio Bolsonaro costuma recitar uma “máxima militar” sobre decidir ou não decidir. Sergio Reis decidiu. Vai invadir Bizâncio. Vai bater a espada sobre o nó. “Alea jacta est”.

  8. Se quisermos resolver os problemas de vez, então devemos, conjunta ou alternativamente…

    1) Lutar pela realização de um Triplebiscito (candidaturas independentes, voto impresso e restringir os poderes do STF) -> youtu.be/uC8IraYgCCA

    2) Acabar com a “Ditadura do Supremo” -> youtu.be/NBTewR2z_30

    3) Ou, pelo menos, aprovar, via lei ordinária, uma Alternativa ao Voto Impresso-> youtu.be/ebVV0EldkOY

  9. Segundo “Chorão”, líder dos caminhoneiros, Sérgio Reis não os representa. Não há nenhum movimento em andamento para parar o País. Onde está a verdade, Oeste?

  10. Este Pacheco ai é outro que tem o rabicó preso, ele não vai fazer nada infelizmente e o cara é come quieto, tá de olho no planalto também e pra ele se a imagem do PR derreter é melhor, esta ai omisso nesta Cpi ridicula, que já deveria ter acabado, é outro que acha que somos idiotas.

  11. Com a Pandemia o STF TOLHEU a ordem hierárquica do poder executivo, deixando-o em desordem para pavimentar a desarmonia entre os Poderes da Republica. Já prenderam um Jornalista, um Deputado, um Presidente de Partido, agora vão prender um Cantor Sertanejo, intimidando de forma cabal as vozes da sociedade. Onde isso vai parar? Se perdermos NOSSA LIBERDADE simbolizada na Constituição que esta SENDO rasgada, vai ser DIFICIL RETONAR.
    Essa desarmonia abriu brecha para uma Ditadura do Judiciário, enquanto o Legislativo e o Executivo estão sendo respectivamente; chantageados com o vislumbre da volta as benesses pela impunidade, e as ameaças constantes de deposição. A DITADURA do Judiciário utiliza as reformas administrativas federais como trunfo para manter o Ministério Público paralisado SEM nada fazer.
    Acho que o movimento espontâneo de 2013 tem que RETORNAR AS RUAS no 7 de Setembro DANDO UM RECADO CLARO À TODOS NO PODER, que precisamos implementar nossa Constituição por bem ou por mal.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro