Silveira participa de ato em Niterói: ‘o que é um homem sem liberdade?’

Deputado falou em prisão inconstitucional e citou luta do presidente Bolsonaro contra 'socialismo camuflado'
-Publicidade-
Daniel Silveira falou a apoiadores na Praia de Icaraí, em Niterói
Daniel Silveira falou a apoiadores na Praia de Icaraí, em Niterói | Foto: Reprodução/Twitter

O deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) participou neste domingo, 1º, de um ato a favor da liberdade de expressão, em Niterói. Junto a apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, o parlamentar comentou o julgamento recente no Supremo Tribunal Federal (STF) e disse que sofreu prisão inconstitucional.

Silveira foi condenado pelo STF, no último dia 20 de abril, a oito anos e nove meses de prisão pelos crimes de incitação à violência contra o Estado Democrático de Direito e coação contra a Corte no curso do processo.

Um dia depois, o deputado recebeu o indulto do presidente Jair Bolsonaro, em decisão que ainda é contestada por partidos de oposição em ações no STF.

-Publicidade-

“Vou ser muito breve. O presidente disse: ‘a liberdade vale mais que a própria vida’. O que é um homem, uma mulher sem liberdade? Não vive, somente existe. Nós não vamos existir, nós vamos viver e vamos, sim, colocar o Brasil na liberdade que o presidente tanto sonha”, afirmou Silveira na manifestação, realizada na Praia de Icaraí.

“Não tem nada mais que preocupa o presidente do que livrar o Brasil do socialismo, que vem avançando de forma camuflada. Ninguém aqui é maluco com chapéu de alumínio, não tem conspiração, é real, estava próximo de acontecer. Se não fosse o presidente Bolsonaro, essa cor aqui, amarelo e verde, não estaria acontecendo. Seria vermelho, e isso a gente não vai permitir.”

O deputado foi preso em 2021 por ordem do ministro do STF Alexandre de Moraes depois de divulgar um vídeo atacando os magistrados da Corte. Neste ano, Silveira foi submetido a monitoramento por tornozeleira eletrônica, em parte do mesmo processo. Mesmo com as limitações legais, o político conseguiu retomar a atividade parlamentar nesta semana, sendo eleito para cinco comissões na Câmara.

Neste domingo, Daniel Silveira discursou ao lado do deputado federal Carlos Jordy (PL-RJ), a quem agradeceu pelo apoio durante o período de prisão em 2021. “Ele esteve comigo o tempo todo, mandando algum emissário, um recado, enquanto eu estive naquela prisão inconstitucional.”

Nas redes sociais, Paola Daniel, esposa do parlamentar do PTB, registrou o assédio dos manifestantes ao marido em Niterói.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.