STF forma maioria contra Weintraub

Seis ministros votaram para que o titular do MEC continue no inquérito das fake news, considerado inconstitucional por juristas
-Publicidade-
Sessão no Supremo Tribunal Federal | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM
Sessão no Supremo Tribunal Federal | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM | Sessão no Supremo Tribunal Federal | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM

Seis ministros votaram para que o titular do MEC continue no inquérito das fake news, considerado inconstitucional por juristas

stf forma
Sessão no Supremo Tribunal Federal
Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM
-Publicidade-

Dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), seis votaram pela rejeição do habeas corpus do ministro da Educação, Abraham Weintraub. Ele é investigado por ter dito, na reunião ministerial de 22 de maio, que os magistrados do STF eram “vagabundos”.

Em síntese, Weintraub continua no inquérito das fake news, considerado inconstitucional por juristas.

Os ministros Cármen Lúcia, Celso de Mello, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Rosa Weber seguiram o relator do caso, o ministro Edson Fachin. Faltam votar Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso, Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski.

O julgamento deve terminar sexta-feira 19.

Além disso, conforme noticiou Oeste, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediu ontem a prisão preventiva do ministro Weintraub. Portanto, caberá ao relator da investigação das notícias falsas, Alexandre de Moraes, decidir sobre esse pedido.

Em 28 de maio, o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, protocolou no STF um habeas corpus em nome do ministro da Educação. Assim sendo, pretendia-se que Weintraub fosse retirado do inquérito ilegal aberto por Dias Toffoli.

Contudo, o cenário não parece favorável para o titular do MEC.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site