STF marca sessão de emergência para julgar ações que querem barrar Copa América

Abertura da competição está marcada para domingo, com a partida entre Brasil e Venezuela, em Brasília
-Publicidade-
Ministra Cármen Lúcia presidindo sessão plenária | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF
Ministra Cármen Lúcia presidindo sessão plenária | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, marcou para quinta-feira 10 uma sessão virtual de emergência para analisar duas ações que pedem a suspensão da Copa América no Brasil. O ministro atendeu a pedido da relatora, Cármen Lúcia.

O julgamento será em plenário virtual, no qual os ministros inserem o voto em sistema eletrônico. Pela decisão de Fux, o julgamento começará à 0h00 e acabará às 23h59 de quinta-feira. A abertura da competição está marcada para domingo 13, com a partida entre Brasil e Venezuela, em Brasília.

-Publicidade-

Leia mais: “Governo vai estender auxílio emergencial ‘por dois ou três meses’, diz Guedes”

No pedido, a ministra destacou a “excepcional urgência e relevância do caso e a necessidade de sua célere conclusão, considerando que se noticia o início da competição desportiva questionada para o próximo dia 13 de junho”.

Cármen Lúcia relata duas ações apresentadas ao Supremo com o intuito de barrar a realização da competição. Uma delas foi apresentada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), a outra pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM).

Queiroga diz que protocolos são seguros

Na CPI da Covid, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta terça-feira, 8, que os protocolos apresentados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) permitem a segurança para a realização da Copa América no Brasil. É a segunda vez que o titular da Saúde depõe na comissão.

Queiroga disse que o evento esportivo não vai acarretar pressão sobre o sistema de saúde, já que os atletas e as equipes técnicas têm seguro e, se houver alguma necessidade, vão usar hospitais privados.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site