‘Supercomputador’ que falhou nas eleições foi comprado sem licitação

Contrato no valor de R$ 26,2 milhões foi publicado no "Diário Oficial da União"
-Publicidade-
Presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, e vice-presidente Luiz Edson Fachin | Foto: Antonio Augusto/ascom/TSE
Presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, e vice-presidente Luiz Edson Fachin | Foto: Antonio Augusto/ascom/TSE

Contrato no valor de R$ 26,2 milhões foi publicado no ‘Diário Oficial’ da União

Barroso
Presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, e vice-presidente Luiz Edson Fachin
Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE
-Publicidade-

Responsável pelo maior vexame eleitoral do país desde o fim do voto em cédulas, o “supercomputador” usado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no domingo 15 foi comprado sem processo de licitação. O contrato, no valor de R$ 26,2 milhões, foi publicado no Diário Oficial da União em 25 de março deste ano. A beneficiada é a empresa Oracle do Brasil.

De acordo com a BBC News Brasil, usando a ferramenta Siga Brasil, do Senado Federal, R$ 19,5 milhões já foram empenhados — jargão orçamentário para compromisso de gastos.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comments

  1. Em 1967, perguntaram a um mercenário polonês Rafal Ganowicz qual era a sensação de se matar um ser humano. Ele respondeu : Não sei, só matei comunistas! Vão pro inferno desgrahças! E todos que votaram nesses pulhas!

    Uma frase para os babacas neutros indolentes e frouxos :

    Os lugares mais quentes do inferno são reservados para aqueles que em tempo de crise moral, se mantiveram em posições de neutralidade! Dante Alighieri, A divina comédia.

    BOTA TUDO NO CHÃO E NÃO DEIXA SOBRAR TERRA SOBRE TERRA!

  2. Essas empresa Oracle, é de fato, uma empresa que goza de bom conceito na área de TI. Ela é especializada tanto em softwares como em hardwares e também em banco de dados. Talvez seja por isso que não houve licitação pois em determinados casos só mesmo uma empresa como essa, está capacitada para essa finalidade. O problema é que o sistema não é feito para rechaçar ataques de um bom hacker e foi isso que aconteceu, a despeito do Barrozinho.

  3. Quem é que vai investigar esses caras do STF? Realmente estamos ferrados, Urnas que ninguém confia, funcionários públicos endeusados. E quem deveria investigar, estão respondendo por crimes, e sendo investigados pelos suspeitos.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site