Revista Oeste - Eleições 2022

Suplicy interrompe evento de Lula, faz desabafo e provoca constrangimento

Ex-senador disse não ter sido convidado para lançamento do plano de governo e que partido ignorou proposta de sua autoria
-Publicidade-
Eduardo Suplicy interrompeu apresentação de plano de governo em São Paulo
Eduardo Suplicy interrompeu apresentação de plano de governo em São Paulo | Foto: Reprodução/YouTube

Uma cena de constrangimento marcou o lançamento do plano de governo de Lula nesta terça-feira, 21, em São Paulo. Ex-senador e atual vereador em São Paulo, Eduardo Suplicy interrompeu a apresentação para fazer um desabafo em meio aos colegas de Partido dos Trabalhadores (PT).

Suplicy reclamou que não foi convidado para o evento de Lula junto a partidos aliados do PT. O veterano político, que completa 81 anos nesta terça-feira, ainda desabafou sobre o suposto desdém do plano de governo à proposta da renda básica de cidadania, de sua autoria.

A interrupção aconteceu antes de o mediador do evento, o ex-ministro Aloizio Mercadante, apresentar Lula. Exaltado, Suplicy chegou a fazer referência ao pré-candidato do PT: “Ele tem alguma coisa comigo”.

-Publicidade-

“Quero entregar ao Aloizio Mercadante a proposta que não foi considerada ainda, entre os itens principais, a instituição da renda básica de cidadania, aprovada por todos os partidos, sancionada pelo presidente Lula e está no programa do PT há muitos anos, todo ano”, afirmou Suplicy, sem microfone, mas em alto tom de voz.

“Ele tem alguma coisa comigo, não me convidou para esta reunião. Você sabe com quem que eu soube da reunião? Ontem à noite: ‘Você não vai na reunião do partido?’. Não fui convidado, mas hoje eu estou aqui. E continuarei trabalhando muito para que Lula e Alckmin instituam a renda básica de cidadania enquanto eu estiver vivo ainda.”

Veja o desabafo de Suplicy, a partir de 1:08:34:

Depois de deixar a frente da mesa de apresentação, Suplicy ouviu a réplica de Mercadante.

“Eu, de fato, não tive como acompanhar o convite de todas as pessoas, só olhar o tamanho do plenário, não era a minha função. Em relação às propostas, hoje é o início de um processo, você vai ter chance de discutir”, respondeu Mercadante.

“Mas, para entrar no plano de governo, nós vamos ter que ter um debate aprofundado. Como nós recebemos 51 propostas, que eu mencionei e que não citei aqui, a sua é uma delas. E vai ser discutido junto com a coordenação no momento oportuno.”

Além de Lula, estiveram presentes Geraldo Alckmin (PSB), pré-candidato à Vice-Presidência, e representantes de outros partidos aliados, como PCdoB, PV, Rede, Psol e Solidariedade.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

19 comentários Ver comentários

  1. Suplicy e Eduardo Jorge são das poucas figuras na esquerda que tenho ao menos um pouco de admiração, isso porque apresentam alguns projetos interessantes,porém a ligação com a esquerda, faz com que se tornem políticos frágeis, no meio de tantos gaviões.

  2. Suplicy viveu 81 anos para quê? Politicamente não deixará nenhum legado para o Brasil. Nunca cansou de passar ridículo. Eis aí mais uma cena constrangedora. O cara não tem o menor “semancol”.

  3. Outra mumia embalsamada do PT. Coitado do Suplicy 81 anos e ainda n acordou para realidade de q sempre esteve participando de uma ORCRIM ou é um debil mental mesmo.

  4. Esse bosta, oriundo de família milionária, não passa de um morto vivo ainda não percebeu que ninguém quer ser fotografado ao seu lado. Decrépito.

  5. A Lei da Ficha Limpa ( Lei Complementar 135 de 04/06/2010 ), proíbe que políticos condenados em decisão colegiada de Segunda Instância, possam se candidatar.

  6. Suplicy sempre foi um inocente útil. Será descartado como Dilma e outros barnabés do PT. É interessante ver os partidos aliados: PC do b, pv, psol, rede, solidariedade. Pergunto: algum serve para alguma coisa?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.