Telegram: Anatel notifica operadoras sobre decisão de Moraes

Ministro do STF determinou o bloqueio do aplicativo no país
-Publicidade-
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou nesta sexta-feira, 18, que notificou as operadoras no Brasil sobre a determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes de bloquear o Telegram.

A decisão de Moraes ocorreu depois de o app não atender a determinações da Justiça para a derrubada de perfis supostamente “disseminadores de fake news”, incluindo o do jornalista Allan dos Santos, que está na mira do STF.

A Anatel notificou as operadoras que administram serviços de acesso chamados backbones. Eles devem impedir o acesso ao Telegram no país. Backbone é a espinha dorsal da rede, que centraliza o acesso à internet no país.

-Publicidade-

Empresas como Oi, Tim, Vivo e Claro levam o acesso à internet às empresas, residências e celulares. Além disso, fornecem a estrutura para pequenos provedores regionais.

Moraes determinou que essas empresas criem “obstáculos tecnológicos capazes de inviabilizar a utilização do aplicativo”. O ministro do STF também determinou que empresas que administram as redes móveis cancelem o acesso ao aplicativo, garantindo assim que o Telegrama não seja acessado no Brasil.

Leia a nota da Anatel sobre o Telegram

“Sobre o assunto, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informa que foi oficiada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em processo que corre em sigilo, e providenciou o imediato encaminhamento da decisão judicial às entidades atuantes no setor regulado que possuem pertinência com a determinação judicial.”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.