Testes de segurança de urnas eletrônicas são finalizados pelo TSE

Testes de segurança de urnas eletrônicas são finalizados pelo TSE.
-Publicidade-
TSE terminou fiscalização de segurança das urnas eletrônicas nesta segunda-feira | Foto: TRE-RJ
TSE terminou fiscalização de segurança das urnas eletrônicas nesta segunda-feira | Foto: TRE-RJ | segurança, urna eletrônica, tse, eleições 2020

Utilização de biometria não será possível este ano devido à pandemia de coronavírus e tribunal só terá novos equipamentos para 2022

segurança, urna eletrônica, tse, eleições 2020
TSE encerrou fiscalização de segurança das urnas eletrônicas nesta segunda-feira
Foto: TRE-RJ
-Publicidade-

Nesta segunda-feira, 17, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) finaliza a inspeção das cerca de 500 mil urnas eletrônicas existentes no Brasil e que serão utilizadas nas eleições de novembro.

A Secretaria de Tecnologia da Informação do TSE recebe os códigos-fonte, programas de verificação e chaves públicas correspondentes de cada equipamento a ser utilizado. Cada urna conta com mais de 30 sistemas de segurança que teriam de ser quebrados para que os votos pudessem ser fraudados.

Os testes de segurança dos equipamentos são realizados diante dos partidos, do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), para evitar possíveis denúncias de fraude.

Até o momento, o único problema registrado com urnas eletrônicas que levou a uma mudança no funcionamento do equipamento foi o som emitido pelos números pressionados. Nas primeiras, cada número emitia um efeito sonoro diferente, permitindo que mesários descobrissem em quem o eleitor estava votando. Com a uniformização dos sons das teclas, a questão foi resolvida.

 

 

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comments

  1. Gente, pelo amor de Deus, como irei acreditar que são confiáveis sabendo da origem? E principalmente sabendo que todos os anos hackers invadem sistemas complexos mundo afora, só aqui que não conseguem? NASA, tesla, bancos e tantas outras instituições.

  2. “Quem vota e como vota não conta nada; quem conta os votos é que realmente importa”. Josef Stalin, 1878 – 1953, dispensa apresentação.

  3. Quem acreditar nesses manipuláveis equipamentos eletrônicos, deve acreditar, também, em cegonha, papai noel, etc. Por que as democracias consolidadas não as utilizam? Alguém se habilita a responder?

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site